Juventus vence Copa São José de Ribamar de Beach Soccer

Por Luís Pablo Esporte / Política
 

A equipe do Juventus II foi a campeã da 1ª Copa São José de Ribamar de Beach Soccer, competição promovida pela administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB), em parceria com a Federação Maranhense da modalidade.

A expectativa, a partir de agora, é pela apresentação da seleção brasileira de Beach Soccer que, no dia 26 de maio, jogará contra a seleção ribamarense escolhida durante a Copa.

O título do Juventus II foi conquistado na tarde do último sábado (09). O time enfrentou a equipe do Juventus I e goleou pelo placar de 4 a 1.

A 1ª Copa São José de Ribamar de Beach Soccer foi disputada por 21 times e, durante toda a semana passada, levou centenas de torcedores à praia de Banho da sede do município, onde foi montada uma quadra dentro dos padrões internacionais, inclusive com arquibancadas.

Representando o prefeito Gil Cutrim na solenidade de premiação, o secretário municipal José Eudes Sampaio (Receita e Patrimônio Público Imobiliário) ressaltou que apoiar competições como a Copa de Beach Soccer, por exemplo, faz parte da política de valorização da juventude ribamarense, que é uma das prioridades do governo Gil Cutrim.

“A administração Gil Cutrim se sente muito feliz em poder apoiar este evento e continuará participando de todas as atividades voltadas para o desenvolvimento do esporte ribamarense”, afirmou Sampaio.

O presidente da Federação Maranhense de Beach Soccer, Eurico Pacífico, elogiou o nível dos atletas e disse que a competição serviu para consolidar o município como um dos mais importantes centros fomentadores do esporte em geral e, de modo particular, do futebol de areia.

Eurico Pacífico ressaltou o apoio da Prefeitura para a realização do evento, sem o qual, segundo ele, não teria sido possível torná-lo realidade. “Agradeço ao prefeito Gil Cutrim que, mais uma vez, mostrou que trabalha o esporte com seriedade e como forte instrumento de inclusão social”.

Genro de Roseana Sarney é nomeado na Assembleia legislativa

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Alexandre Almeida (PTdoB), nomeou em seu gabinete, Luis Gustavo Soares Amorim de Souza, genro da governadora Roseana Sarney e filho do desembargador Gustavo Amorim.

Luis Gustavo foi nomeada com o símbolo ISO no cargo de Técnico Parlamentar Especial, cargo este que pode chegar a mais de R$ 14 mil.

Em conversar ao titular do blog, o deputado falou que o genro da governadora não é casado.

O que não pode é receber sem trabalhar!

Ricardo Murad e a Cruz Vermelha

Por Luís Pablo Política
 

O motivo da Cruz Vermelha do Maranhão ter intervenção em todos os contratos foi porque estava irritando o secretário de Saúde, Ricardo Murad.

A instituição vinha cobrando providências sobre as irregularidades que ocorrem na Central de Compras.

Os processos de compra e pagamento eram centralizados na própria Secretaria, sob o comando da Dona Vera Castro.

Notas frias e preços superfaturados teriam sido identificados pela auditoria da Cruz Vermelha, que várias vezes levou ao conhecimento do secretário que nunca deu resposta alguma.

A Cruz Vermelha teria devolvido as notas a SES e se recusado a fazer o pagamento, deixando Ricardo muito irritado.

Segundo fontes seguras da Secretaria, Ricardo Murad supostamente estaria penalizando a Cruz Vermelha porque a direção da instituição do Maranhão está se negando a negociar o mesmo propinoduto que ele supostamente teria qualificado alguns anos atrás com o Instituto Cidadania e Natureza (ICN), representado por Benedito Silva Carvalho.

A fonte garante que Ricardo botou a espada no pescoço da Instituição e disse “ Ou paga o que eu quero ou está fora”. A Cruz não apenas disse que não, como também vai denunciar o secretário para Polícia Federal.

Bomba: Deputados estaduais na mira da Polícia Federal

 

A qualquer momento uma bomba vai estourar na Assembleia Legislativa do Maranhão, com prisões decretadas de alguns parlamentares.

Supostamente deputados da “velha guarda” que estão sendo investigados há anos pela Polícia Federal, por desvio de recursos públicos e esquema de emendas.

O blog resolveu colocaborar com a PF e vai manter com descrição os nomes que estão sendo investigados.

Irmão da prefeita de Chapadinha vai processar o blog

 

Raimundo Nonato Carneiro Junior, mais conhecido como Júnior Carneiro, irmão da prefeita de Chapadinha Danúbia Carneiro, adicionou o titular deste blog no MSN para dizer que vai processar o blog.

Pensa ele, que o titular do blog é do interior, porque a forma como se expressou dizendo quem é (Júnior Carneiro), o que é (Polícial Militar), e parente de quem é (prefeita Danúbia Carneiro), está achando que intimida alguém, como já é de costuma fazer em Chapadinha com uma arma na cintura.

Júnior ficou revoltado porque o blog denunciou a relação de amizade que ele tem com o delegado do município, Jairon Timbó (reveja). E até hoje nunca foi indiciado para depor.

O blog está aqui no aguardo do processo!

Justiça do Maranhão condena TAM a pagar R$ 30 mil

Por Luís Pablo Maranhão
 

Do Estadão

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) condenou a TAM Linhas Aéreas a indenizar em R$ 30 mil um passageiro menor de idade, que chegou com atraso de mais de 20 horas ao destino final, em fevereiro de 2008. Na terça-feira, a Justiça negou o recurso da companhia.

Segundo o TJ-MA, o pai do garoto, que na época do ocorrido tinha 12 anos de idade, ajuizou pedido de indenização contra a empresa aérea. Ele alegou que o filho havia viajado de São Luís, no Maranhão, para Vitória da Conquista, na Bahia, mas não chegou no horário previsto e teve de passar a noite no município baiano de Barreiras sem o consentimento dos pais.

Além disso, os responsáveis pelo jovem não foram informados sobre a localização do filho. No dia seguinte, o menino teria sido transportado para o destino final de táxi, numa viagem de mais de 500 km, sem dinheiro ou alimentação.

No recurso da TAM, a relatora Nelma Sarney entendeu que o atraso de mais de 20 horas justifica a necessidade de ressarcimento pelo dano, até porque a empresa não forneceu apoio financeiro e informação à família do passageiro.

Roseana completa 100 dias de Governo sem nada ter cumprido

Por Luís Pablo Política
 

Por Hugo Freitas

Membros do Clã

Após afirmar em seu discurso de posse que este seria “o melhor governo de sua vida”, Roseana Sarney completa cem dias à frente do Executivo Estadual sem ter cumprido nenhuma promessa de campanha.

Entre as exorbitantes promessas de palanque da governadora está a entrega de 72 hospitais de baixa e média complexidade em todo Estado. Destes, até agora apenas um foi inaugurado, e isso ainda antes da campanha eleitoral de 2010.

Roseana também enfrenta dificuldades para concluir obras em São Luís, como o PAC Rio Anil, de construção de unidades habitacionais e de um espigão costeiro, na orla da capital.

Principal baluarte de campanha, a parceria com Dilma Rousseff ainda não rendeu à Roseana os resultados esperados, detendo-se apenas à firmação de convênios, o que não é nenhuma novidade já que a governadora, em seus quatro mandatos, sempre moldou sua gestão através do braço forte do governo federal, desde Fernando Henrique até agora.

Das promessas de campanha, nenhuma está em fase de execução. A construção de uma avenida de 7 km em São Luís, com seis faixas de tráfego, nem chegou ao processo de licitação.

Já a chamada “Ponte do Quarto Centenário”, com 4 km de extensão, que interligaria a zona periférica à zona nobre de São Luís, bem como uma avenida de 26,5 km, que circularia a cidade como uma espécie de rodoanel, ainda estão na fase de viabilização de recursos.

Sem cumprir o que prometeu, o governo Roseana Sarney tem dedicado mais tempo a resolver problemas. Em março, os policiais civis entraram em greve reivindicando aumento salarial. A paralisação durou 14 dias e terminou após acordo de reajuste de 10%.

Os professores da rede estadual de ensino também paralisaram suas atividades para pressionar o governo a implementar um Plano de Cargos e Carreiras e Salários (PCCS). A greve foi deflagrada no dia 1º de março e já dura mais de 40 dias.

Sem acordo com a categoria, o governo recorreu à justiça para decretar a ilegalidade do movimento, respaldado pela omissão da Assembleia Legislativa do Estado e pela complacência da mídia vendida.

Obteve êxito tanto por meio de decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) quanto do Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar disso, os professores ainda mantém o movimento, aguardando julgamento de novo recurso que tramita no STF.

Ao que parece, nestes cem dias de governo, Roseana Sarney deve se orgulhar apenas da força que seu sobrenome ainda possui no Maranhão, não no seio da população – haja visto que sua vitória nas eleições de 2010 se deu por menos de 1% de votos, sob suspeita de fraude – mas no interior das instituições que decidem o futuro do Estado, onde os interesses privados se sobrepõem ordinariamente aos interesses do povo maranhense, onde se pode enxergar descaradamente que “propaganda é a arma do negócio”, onde finalmente se pode constatar que a força da grana e das relações de compadrios políticos são bem maiores do que a voz rouca das ruas.

Missa em homenagem “a quem enfrentou a oligarquia”

Por Luís Pablo Maranhão
 

Assim como um dia bem aproveitado proporciona um bom sono, uma vida bem vivida proporciona uma boa morte. (Leonardo da Vinci)

Uma missa de Sétimo Dia em homenagem a Jackson Lago, “o último homem a ter a ousadia de enfrentar e vencer a oligarquia no Maranhão”, conforme definiu em sua homilia o Padre Gildenor, na manhã deste domingo, na Paróquia de São José Operário, localizada na praça central de Timon. O ex-governador Jackson Lago pagou um preço caro por esta ousadia.

A missa, que começou às 07 horas e foi solicitada pelos amigos de Jackson, deixou a Igreja completamente lotada de pessoas comuns, suplentes de vereador do PDT, além do ex-deputado e ex-prefeito Chico Leitoa(PDT) com sua esposa, dona Beta Rodrgues; e o seu filho atual deputado estadual Luciano Leitoa(PSB) e sua esposa Hildeneide.

A frase do Padre Gildenor resumiu a luta que o ex-governador teve em vida ao ter a ousadia de enfrentar a oligarquia Sarney que tantas infelicitações traz para as pessoas humildes do Maranhão que, apesar de ter o maior potencial econômico, é o Estado mais pobre do Brasil exatamente por vir sendo governado há quase 50 anos pela família Sarney.

Depois da morte de Jackson Lago, Weverton Rocha faz de tudo para assumir na Câmara Federal

Por Luís Pablo Política
 

Weverton Rocha

O suplente de deputado federal e atual assessor do Ministério do Trabalho, Weverton Rocha, após a morte do ex-governador Jackson Lago, vem se articulando de todas as formas para assumir uma vaga na Câmara Federal, supostamente no lugar do deputado federal Pinto Itamaraty.

O objetivo de Weverton é assume a vaga na Câmara durante alguns meses, para depois sair fortalecido como vice-prefeito de João Castelo nas próximas eleições.

O pedetista como vice-prefeito de Castelo seria ideal. Afinal, com a grade curricular que tem, com os supostos casos do desvio de dinheiro da Umes na sua gestão e o descaso do Ginásio Costa Rodrigues. Não teria outro melhor.