Edilázio Júnior defende construção de manicômio judicial no Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Edilázio Júnior

O deputado Edilázio Júnior (PV) disse na manhã desta quinta-feira (12), em aparte ao pronunciamento da deputada Eliziane Gama (PPS), que vai protocolar indicação à governadora Roseana Sarney (PMDB), pedindo que seja criado um manicômio judicial no Estado do Maranhão.

A declaração de Edilázio aconteceu porque a deputada Eliziane Gama usou a tribuna para denunciar a precariedade no atendimento aos doentes mentais judiciais, na Clínica La Ravardiere, localizado no bairro do Olho d’Água.

O deputado revelou que conheceu a Clínica La Ravardiére na campanha política e viu de perto a vontade dos diretores, dos médicos, dos enfermeiros e dos demais funcionários da casa de saúde de atender os doentes mentais com a dignidade que eles merecem.

Segundo Edilásio Júnior, todos os funcionários reclamam das dificuldades para atender os doentes porque a Prefeitura de São Luis não repassa adequadamente os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para a Clínica La Ravardiére.

Na opinião de Edilázio, o prefeito João Castelo (PSDB) deve ter sensibilidade e resolver, urgentemente, os problemas financeiros da Clínica La Ravardiére, que atende, também, internos judiciais, que não podem ser presos junto com os demais apenados.

“Está na hora de cobrarmos a instalação de um manicômio judicial no Estado do Maranhão. Vamos levar a proposta à governadora Roseana Sarney (PMDB) que, com certeza, será sensível e autorizará a construção da casa de saúde especializada”, disse Edilázio.

Prefeito de Buriticupu deixa o município abandonado

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Buriticupu, o Primo

O município de Buriticupu está vivendo a maior crise administrativa de sua história, a atual gestão do prefeito Antonio Marcos de Oliveira, o Primo, não está dando conta de resolver os inúmeros problemas que a cidade passa.

A população anda revoltada com o prefeito devido o descaso em vários setores da prefeitura. O município enfrenta uma serie de problemas na Saúde, Infraestrutura e Educação.

O prefeito é acusado de várias fraudes relacionadas a supostas empresas que seriam suas e, que teriam contratos com a prefeitura.

Veja o cenário do município:

Município de Buriticupu

Senadores batem boca no Senado por causa de projeto contra homofobia

Por Luís Pablo Política
 

Do Uol

O debate hoje (12) em torno do projeto de lei da Câmara dos Deputados que criminaliza a homofobia no país terminou numa discussão entre a senadora Marinor Brito (P-SOL-PA) e o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Após a retirada do projeto da pauta de votação, enquanto a relatora da proposta, Marta Suplicy (PT-SP), concedia entrevista à imprensa, Bolsonaro exibiu um panfleto contra a ampliação dos direitos dos homossexuais, o que irritou Marinor Brito, que chegou a bater na mão do deputado.

Marinor tentou impedir que Bolsonaro exibisse o panfleto e o chamou de homofóbico. “O senhor é um homofóbico. Pratica homofobia com dinheiro público. Deveria ser cassado”, disse a senadora paraense. Já o deputado alegou que estava, apenas, calado exibindo um folder chamando a atenção para o que ele classificou como um “plano nacional da vergonha”.

“O governo está distribuindo nas escolas de primeiro grau uma cartilha estimulando nossas crianças a serem gays”, afirmou.

Bolsonaro já responde a uma representação no Conselho de Ética da Câmara pela acusação prática de racismo e homofobia por declarações a um programa de televisão.

Na ocasião, ao responder uma pergunta formulada pela cantora Preta Gil, o deputado respondeu que os filhos não corriam de terem relacionamento com gays porque não tinham sido criados em um ambiente de promiscuidade como ela.

PT de Imperatriz é anti-Sarney…

Por Luís Pablo Política
 

A movimentação de peças no tabuleiro político que definirá a dinâmica eleitoral em 2012 já começou, em Imperatriz. Nas redes sociais o debate ganha contornos cada vez mais delineados com os campos políticos aos poucos buscando afirmar suas estratégias para o pleito que virá.

Lideranças políticas do Partido dos Trabalhadores – PT, no município, já afirmaram ser anti-Sarney e não vão querer o apoio da governadora Roseana Sarney nas eleições pra prefeito de Imperatriz.

O dirigente do PT local, Prof. Carlos Hermes, determinou para os petistas imperatrizenses que a sigla não terá acordo com qualquer partido que esteja sob o controle da família Sarney.

Muita água ainda vai rolar!

Empresa Bem Viver atrasa salários e promete fazer demissões no HCM

Por Luís Pablo Cidade
 

Hospital Carlos Macieira

A empresa Bem Viver que administra uma pequena parte dos Hospitais do Estado do Maranhão, está agora responsável pelo Hospital Carlos Macieira – HCM (Hospital do Ipem), que na época era administrado pela Cruz Vermelha Brasileira – CBV.

Depois que a Secretaria de Saúde do Estado encerrou todos os contratos com a CBV, são inúmeras reclamações dos funcionários do HCM que estão com seus salários atrasados e sem direito a vale transporte.

Os funcionários andam assustados porque a Bem Viver prometeu fazer demissão em massa, algo em torno de 100 funcionários pra rua.

Algumas pessoas já pediram demissão, como a diretora Alice Borges, que não aguentou compactuar com a falta de respeito que a empresa está fazendo.

Sarney evita acordo com prefeitos sobre veto dos royalties

Por Luís Pablo Política
 

Após uma reunião de cerca de 10 minutos com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), representantes da CNM (Confederação Nacional de Municípios) saíram sem qualquer sinalização concreta de data para apreciação do veto do ex-presidente Lula que invalidou um artigo que distribuiria os royalties do petróleo igualitariamente entre todos os municípios.

Na reunião, o presidente do Senado pediu um prazo de tolerância para que seja encontrada uma solução alternativa.

Em caso negativo, os municípios voltarão a fazer pressão pela apreciação do veto.

Segundo uma fonte segura, um dos prefeitos propôs aos colegas montar um acampamento em frente ao Congresso até que o veto fosse analisado pelos parlamentares.

Também não precisa tanto!

Polícia de Campinas apreende cocaína com etiqueta de Osama Bin Laden

Por Luís Pablo Polícia
 

Da Folha.com

Drogas apreendidas pela Dise de Campinas no bairro Vila Rica tinha etiqueta com ilustração de Osama bin Laden

Policiais de Campinas (93 km de São Paulo) apreenderam nesta quarta-feira porções de cocaína prontas para serem vendidas com uma ilustração do terrorista Osama bin Laden, morto por forças americanas no Paquistão em 2 de maio.

A droga estava em uma casa do bairro Vila Rica, onde policiais da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) foram cumprir um mandado de busca e apreensão.

A polícia apreendeu 60 embalagens com cocaína e outras 500 vazias, além das etiquetas com a ilustração do terrorista saudita. Também foram encontrados celulares, dinheiro e porções de maconha.

De acordo com a polícia, a etiqueta é usada para identificar a origem e a qualidade da droga.

No imóvel foi presa Sheila Cristina Paulino, que está sendo autuada em flagrante e será encaminhada para a Cadeia de Paulínia.

A reportagem não teve acesso à suspeita. A polícia não informou se ela já constituiu advogado de defesa.

Quebra-quebra no lançamento do programa “Maranhão Profissional”

Por Luís Pablo Política
 

Governadora Roseana Sarney (PMDB) apresentando o Programa “Maranhão Profissional”.

Durante a manhã desta quarta-feira (11), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, a governadora Roseana Sarney (PMDB) apresentou o Programa “Maranhão Profissional”.

O lançamento do programa contou com uma grande participação da Juventude e suas lideranças.

Ao termino da apresentação, os professores apareceram para aproveitar a presença da governadora e protestar seus direitos sob a greve.

Na ocasião, o grupo da Juventude e suas lideranças ficaram revoltados com os Educadores e saíram em defesa de Roseana Sarney. Com isso, gerando o maior quebra pau.

O tumulto foi grande, seguranças particulares e policiamento que estavam presentes se meteram também. Foi uma confusão dos diabos.

Segundo informações, Teve um jovem que faz parte da liderança da Juventude, que agrediu uma professora com um chute na barriga.

Um absurdo!

Até que ponto essa situação vai chegar? Com um governo que não toma uma decisão.

E a greve continua…

Deputado Luciano Leitoa pede Delegacia de Entorpecentes em Timon

Por Luís Pablo Política
 

Luciano Leitoa

O deputado estadual Luciano Leitoa (PSB), fez indicação para que seja implantada a Delegacia de Entorpecentes, na cidade de Timon.

Para o deputado, o município é porta de entrada do Estado do Maranhão e fica ao lado da capital piauiense que é um entroncamento para diversos estados e que por isso está se tornando um destino alternativo para o Tráfico de Drogas, visto o aumento nas apreensões ano após ano que vem ocorrendo pelo aparato de combate do Estado do Piauí e Federal.

O parlamentar disse que é imprescindível que o Estado do Maranhão possua um mecanismo que possa fazer a integração das forças que combatem o tráfico do Estado do Piauí e em nível Federal e, que Timon é estratégico pra instalação da referida Delegacia, pra que se evite de maneira rápida e eficiente a entrada de drogas no Maranhão.

Luciano Leitoa afirmou que através do seu mandato sempre lutará para solucionar problemas que o Maranhão e principalmente a cidade de Timon passam.

Operação da PF no Maranhão é repercussão Nacional

Por Luís Pablo Polícia
 

Do G1

Seis são presos em operação da PF contra desvio de verbas no Maranhão

A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e a Procuradoria Regional da República, fizeram a “Operação Usura” para coibir um suposto desvio de dinheiro público federal no município de São João do Paraíso (MA). Segundo a PF, cerca de R$ 5,5 milhões que deveriam ser aplicados em projetos de Saúde e Educação foram desviados.

Entre os presos estão o vice-prefeito de São João do Paraíso, Itamar Gomes Aguiar, o ex-prefeito da cidade, José Aldo Ribeiro Souza, a ex-secretária de Educação do município, Maria Raimunda Costa Rocha, e os empresários George Lazaro Maciel Bezerra, Joel Cleiton Maciel Bezerra e Roberto Vasconcelos Alencar. O G1 não conseguiu localizar os advogados dos suspeitos detidos pela Polícia Federal.

O delegado Gustavo Souza, responsável pela operação, disse ao G1 que outros sete suspeitos não foram localizados e estão sendo procurados pela Polícia Federal. Entre os foragidos está o atual prefeito, Raimundo Galdino Leite. Às 17h30, as equipes prosseguiam na busca das pessoas.

Foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em São João do Paraíso, São Luís, Barra do Corda e Imperatriz, no Maranhão, e Marabá, no Pará.

“São recursos repassados pelo governo federal para aplicação em São João do Paraíso para despesas em Saúde e em Educação. [Os recursos]deveriam ser gastos com a compra de merenda e material escolar, produtos farmacêuticos e hospitalares, reformas de unidades de saúde e escolas”, disse o delegado. “A verba foi desviada de diferentes maneiras. Eram feitos saques no banco do dinheiro público e, depois, esse valor era camuflado na prestação de contas. Também eram feitas licitações fraudulentas.”

Os presos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Imperatriz, onde devem prestar depoimento até quinta-feira (12). Posteriormente, o delegado vai decidir se os suspeitos serão liberados ou se permanecerão presos.
Ainda de acordo com a PF, os suspeitos são investigados pelos crimes de falsificação de documento público, falsificação de documento particular, falsidade ideológica e uso de documento falso, peculato e emprego irregular de verbas públicas, formação de quadrilha, fraude de licitação, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.