Prefeito de Bequimão deixa o município abandonado

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Antônio Diniz

Os moradores do município de Bequimão andam revoltados com o prefeito Antônio Diniz, pela sua constante ausência no cidade.

O município encontra-se abandonado, devido a péssima administração do atual gestor. A região está um descaso nas áreas da Saúde, Educação e Infraestrutura.

O prefeito corre risco de ter suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado – MA, por várias irregularidades administrativas.

Segundo informações, Antônio Diniz está sendo investigado por desvios de verbas federais e irregularidades de notas fraudulentas.

Um grupo político que faz oposição ao prefeito está preparando um dossiê da sua administração pra entregar para o Ministério Público.

Bomba: aliado de Sarney é alvo da PF

Por Luís Pablo Política
 

Da ÉpocaDos índios para o cacique

Vista do Parque Nacional de Tumucumaque, no Amapá, e o senador Gilvam Borges (no destaque)

Os índios daquela região são frágeis diante de doenças simples no resto do Brasil. Gripes tornam-se sentenças de morte, casos isolados de sarampo provocam epidemias devastadoras. É por tais razões que a saúde da população indígena requer variados cuidados, a cargo do Estado – tudo o que não se encontrou nas aldeias do Amapá e do norte do Pará. Ao fim da vistoria, a força-tarefa constatou que ao menos 20 índios haviam morrido por negligência no atendimento médico. Impôs-se, então, uma pergunta: se o governo federal remete milhões de reais para que os índios sejam atendidos, como tantos morreram nas mais degradantes condições imagináveis? Onde foi parar o dinheiro?

Para responder às perguntas, a PF abriu inquérito. E pediu à Controladoria-Geral da União (CGU) uma auditoria sobre o uso de verbas federais na saúde indígena. Num relatório de 389 páginas, a CGU comprovou o que se suspeitava: fraudes em licitações, compras de remédios e outros produtos com preços acima dos praticados no mercado, além de pagamentos indevidos por serviços não prestados. A CGU calculou só o prejuízo financeiro em R$ 6,2 milhões. Entre 2005 e 2009, a Funasa gastou R$ 34 milhões com saúde indígena.

Senador Gilvam Borges ao lado do presidente do Senado, José Sarney

A Funasa, como quase todo órgão público, tem dono. Nos últimos anos, ela foi dividida entre PT e PMDB. No Amapá, onde aconteceram os crimes, a Funasa pertence à esfera de influência do senador Gilvam Borges, aliado da família do também senador José Sarney. Ambos são do PMDB. Gilvam é um político folclórico, conhecido no Congresso mais por andar de sandálias que por suas ideias. Em 2009, descobriram que nove parentes de seu principal assessor foram nomeados para cargos no Senado. Gilvam deve o mandato à Justiça Eleitoral, que cassara o ex-governador João Capiberibe, seu adversário. Seus tempos no Senado, porém, estão chegando ao fim. Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de não aplicar a Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010, Capiberibe deverá assumir o mandato.

Os relatórios da CGU expõem a influência do senador Gilvam nas atividades da Funasa no Amapá. O caso mais significativo envolve um convênio firmado em 2006 entre a Funasa e uma ONG, a Associação dos Povos Indígenas do Tumucumaque (Apitu). Em três anos, a Apitu recebeu R$ 6 milhões da Funasa. Segundo a CGU, o prejuízo para os cofres públicos nesse convênio chegou a R$ 2,8 milhões. O assombro não está na dimensão dos desvios, mas no destino final deles. Depois de receber os recursos do governo, a Apitu repassou R$ 667 mil à AFG Consultores Ltda. Os serviços, diz o relatório, nunca foram prestados.

A PF quebrou o sigilo bancário da AFG e mostrou o caminho percorrido pelo dinheiro. Das contas da AFG, os recursos saíram para contas dos comitês eleitorais do PMDB no Amapá, a fim de financiar as campanhas a prefeito de dois irmãos de Gilvam. Um deles, Geovani Borges, compartilha o mandato de senador com o irmão: volta e meia, um sai de licença para que o outro exerça o mandato em Brasília. Hoje quem está no Senado é Geovani. Em julho de 2008, ele exercia o mandato de senador quando a AFG passou R$ 150 mil ao comitê de sua campanha à prefeitura de Santana, no Amapá. Esse dinheiro é quase um terço de tudo o que Geovani declarou à Justiça Eleitoral. Com mais detalhes aqui.

Preso Diretor-Gerente do FMI por agressão sexual

Por Luís Pablo Mundo
 

Do Noblat

O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, foi preso agora à tarde no aeroporto John Kennedy, em Nova Iorque, quando se preparava para embarcar em um vôo da Air France com destino a Paris.

Líder de todas as pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais francesas do próximo ano, Dominque é acusado de ter atacado sexualmente, esta manhã, uma arrumadeira do hotel Sofitel,onde estava hospedado entre as ruas 44 e 45 West.

Dominique Strauss-Kahn

Atualização das 20h55 – Eram mais ou menos 16h45 em Nova Iorque (17h45 hora de Brasília) quando detetives da polícia aeroportuária erntraram de repente no vôo 23 da Air France que estava pronto para decolar dali a 10 minutos com destino a Paris. Todos os passageiros estavam a bordo.

Dominique foi retirado do avião e levado para a unidade P.S.A. 5, que atende vítimas de casos especiais de agressões. A polícia investiga o que parece ter sido um “ataque brutal”.

Atualização das 21h17 – Somente um jornal circula na França aos domingos. É o “Le Journal du Dimanche”. Que circulará com a mais recente pesquisa de intenção de voto para presidente da República. Em todos os cenários pesquisados, Dominique aparece como vencedor absoluto da eleição do próximo ano.

Atualização das 21h36 – Jornais de Nova Iorque informam que Dominique sodomizou a arrumadeira. E que a obrigou a fazer sexo oral. Ele tinha um encontro neste domingo em Berlim com a chanceler alemã Ângela Merkel.

Atualização das 23h12 – Dominque está sendo ouvido pela polícia neste momento. Está sob custódia. Deverá depois comparecer perante um juiz.

Atualização das 01h40 – Dominique tem uma reunião marcada para esta segunda-feira em Bruxelas com os 27 ministros de Fazenda da União Européia. Ou tinha. A essa altura, sei lá.

Confirmado: o senador Edison Lobão Filho será transferido para SP

Por Luís Pablo Política
 

Em primeira mão –

Edison Lobão Filho

Após operação cirúrgica, realizada ontem, o UDI Hospital informou que a cirurgia feita no senador Edison Lobão Filho foi um sucesso.

A operação foi feita pelo cirurgião plástico Dr. Júptitter, que fez a reconstrução do nariz fraturado e das sobrancelhas do senador.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, pai do senador, confirmou agora pouco que Lobão Filho será transferido neste domingo (15), pela manhã para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O senador está em coma induzido e com o rosto enfaixado e, todos os procedimentos já foram preparados para fazer a sua transferência.

Mãe da ex-BBB Gisele Soares será candidata a vereadora

Por Luís Pablo Política
 

Josélia ao lado da filha Gyselle e do seu genro

Josélia Soares Martins, mãe da vice campeã do Big Brother Brasil – 8, Gyselle Soares, fará sua filiação no Partido Socialista Brasileiro – PSB, de Timon.

A filiação acontecerá às 8 da manhã neste domingo (15), na sua residência, no bairro São Benedito, em Timon.

A mãe da ex-BBB pretende disputar uma vaga para a Câmara Municipal de Timon nas próximas eleições.

Josélia ficou conhecida no município após a sua filha participar do Big Brother Brasil – 8, em 2007. O ato deverá ser bastante prestigiado, já que Josélia é figura muito conhecida e simpática na cidade.

O evento será prestigiado, com autoridades como: deputado estadual Luciano Leitoa – PSB e lideranças políticas da região.

Cinco notas…

Por Luís Pablo Política
 

Caso Edinho

O senador Edison Lobão Filho, o Edinho, poderá ser transferido neste domingo (14), para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A família do senador já teria acionado a Weston Táxi aéreo para transporta-lo, mas os médicos não recomendaram a transferência neste momento, por causa dos riscos que pode ocorrer durante três horas de viagem.

Caso Edinho 2

O senador Lobão Filho (PMDB-MA) não deve ter uma recuperação rápida diante da gravidade das lesões causadas pelo acidente sofrido em Paço do Lumiar.

Caso o senador decida tirar licença (o que pode acontecer) quem assume a vaga é o segundo suplente de seu pai, o pastor Bel (PPS).

Terrorista italiano

O ministro Joaquim Barbosa, do STF (Supremo Tribunal Federal), não analisou, como esperado, o pedido de relaxamento de prisão do italiano Cesare Battisti e mandou os autos do processo de volta ao relator do caso, ministro Gilmar Mendes, neste sábado (14).

O pedido de relaxamento foi feito pelos advogados do italiano, Luis Roberto Barroso e Renata Saraiva.

Beijo Gay

A audiência da novela “Amor e Revolução” (SBT) quase dobrou com a exibição do primeiro beijo gay em uma telenovela brasileira.

O beijo aconteceu entre as personagens Marcela (Luciana Vendramini) e Mariana (Giselle Tigre).

A cena deveria ter sido exibida no capítulo de quarta-feira, mas foi adiada como estratégia para aumentar a audiência.

Polêmica gramatical

Para o gramático Evanildo Bechara, autor da Moderna Gramática Portuguesa, o aluno não vai para a escola “para viver na mesmice” e continuar falando a “língua familiar, a língua do contexto doméstico”.

Para Bechara, neste caso, está se tirando do aluno o que ele considera o elemento fundamental na educação: o interesse para aprender mais.

Segundo ele, o sucesso da sala de aula não depende do livro adotado. Mas sim, da técnica e do preparo do professor.

Presidente do Tribunal de Contas do MA solidariza à família Lobão

Por Luís Pablo Política
 

Edmar Cutrim

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Edmar Cutrim, esteve na manhã de hoje, no Hospital UDI, para prestar solidariedade para família Lobão.

Edmar Cutrim lamentou o acidente de carro sofrido pelo senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA), na noite desta quinta-feira (12), na estrada de Paço do Lumiar (reveja).

O presidente do TCE também desejou que a recuperação de Lobão Filho seja rápida para que ele possa voltar para o parlamento.

Depois da cirurgia, senador Edison Lobão Filho tem boa evolução clínica

Por Luís Pablo Política
 

Edison Lobão Filho

Hoje (14), em boletim médico divulgado pelo Hospital UDI, em São Luis, informou que o senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA), teve uma boa evolução clínica depois da operação cirúrgica realizada ontem, para reconstrução do nariz fraturado.

Segundo informações, a família Lobão já teria acionado a Weston Táxi aéreo para transportar o senador, mas os médicos não recomendaram a transferência neste momento.

O hospital informou que Lobão Filho passou por uma bateria de exames médicos, de tomografias computadorizadas no crânio e tórax. E que ele continua com os sinais vitais estáveis.

Boletim Médico – Edison Lobão Filho – 12h

O Senador Edison Lobão Filho, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva, do UDI Hospital, em São Luis.

Na manhã de hoje (14/05/2011), o senador passou por avaliação médica e foi submetido a realização de novos exames, que demonstraram boa evolução clínica. Se mantém respirando com auxílio de aparelhos e sinais vitais estáveis.

Dr. Alexandre Guilherme

Diretor Clínico

Buracos nas ruas de São Luís (MA) geram protesto pela internet

Por Luís Pablo Cidade
 

Do UOL

Incomodados com a situação das ruas e avenidas em São Luís (MA), moradores espalharam pela internet seus protestos isolados contra os buracos que tomam conta do asfalto da capital há pelo menos seis meses. Sites, blogs e perfis em redes sociais foram os caminhos encontrados por alguns maranhenses que veem na exposição pública a forma mais rápida para solucionar os problemas.

Na rede de microblogs Twitter, um perfil identificado como ‘caostelo’ – junção da palavra caos com o sobrenome do prefeito João Castelo – classifica São Luís como a “ilha dos buracos”.

A posição oficial da Secretaria de Obras e Serviços Públicos do município é a de que os problemas só começarão a ser resolvidos após o término do período das chuvas. Até lá, os buracos que representem maior risco serão sinalizados e protegidos por paralelepípedos e placas de concreto. Veja as imagens dos buracos de São Luís.

Mulher de Mubarak sofre infarto

Por Luís Pablo Mundo
 

O Globo

A mulher de Hosni Mubarak, presidente deposto do Egito, sofreu um infarto após ser detida nesta sexta-feira, informa a TV estatal. Suzanne Mubarak, que está internada, teria que ficar numa prisão no Cairo por 15 dias, para investigações sobre acusações de corrupção.

Nas últimas semanas, vários membros do governo Mubarak foram condenados a prisão. O ex-ministro do Turismo Zoheir Garranah ficará cinco anos detido.

Já o o ex-ministro do Interior Habib al-Adly foi condenado a 12 anos de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção.

O ex-presidente, que ficou no poder por 30 anos, foi deposto em fevereiro após semanas de protestos.