Roberto Costa é homenageado pelo Ministério Público do Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) foi homenageado pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), na sexta-feira (4), em reconhecimento aos seus relevantes trabalhos à frente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) como um dos vice-presidentes.

A honraria faz parte da comemoração em alusão aos 30 anos da Constituição Estadual do Maranhão, que aconteceu numa solenidade na Procuradoria Geral de Justiça, presidida pelo procurador-geral de Justiça do Estado, Luiz Gonzaga Martins, que contou com a presença do presidente da Assembleia, Othelino Neto (PC do B), deputados e ex-deputados da Constituinte de 1989 da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Roberto Costa agradeceu ao grande reconhecimento e destacou a importância de fortalecer ainda mais a cidadania e valorizar a instituição.

“É um reconhecimento do nosso trabalho. Só temos que agradecer ao Ministério Público, na pessoa do Dr. Luiz Gonzaga e a todos os nossos eleitores e amigos deputados. Esse é o nosso dever, de fortalecer a cidadania e a democracia do nosso Estado. Fazemos parte desta história com êxito e auto estima, defendendo sempre a nossa Constituição. O MP está de parabéns por todo esse reconhecimento e, em poder resgatar na memória de todos, através de exposição “Memórias do Ministério Público”, numa galeria em que relembra momentos marcantes com fotos, painéis de toda a história da nossa Constituição. Nada seríamos sem esta Constituição”, disse Roberto Costa.

Presidente da Assembleia quer Beth Cuscuz como vereadora de Teresina

Por Luís Pablo Política
 
Themístocles Filho e Beth Cuscuz

Themístocles Filho e Beth Cuscuz

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) e dirigente do Diretório do MDB de Teresina, deputado Themístocles Filho, quer lançar a candidatura de uma dona de casa noturna bastante frequentada por políticos do estado (e convidados).

Themístocles Filho convidou a empresária Elisabeth Lourdes Ferreira de Oliveira, conhecida como Beth Cuscuz, para se filiar ao MDB e ser candidata a vereadora de Teresina-PI.

Segundo integrantes da executiva municipal do MDB, a dona da casa nortuna teria acertado sua filiação e topado o desafio de ser candidata em 2020.

MP investiga internação de motorista que matou cinco pessoas no Jaracaty

Por Luís Pablo Acidente
 

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) vai investigar se a internação do motorista que causou o acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro do Jaracaty em São Luís, está sendo usada para escapar da prisão preventiva, que foi decretada pela Justiça. Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, está internado desde o dia do acidente em um hospital particular de São Luís.

De acordo com o MP, foi enviado para um hospital onde Victor Yan está internado um ofício pedindo que os médicos que acompanham sua internação se manifestem sobre o estado de saúde dele. Se for comprovado que o paciente foi mantido internado para não ser preso, os médicos podem responder criminalmente.

Na ocorrência realizada no dia do acidente, Victor Yan apresentava apenas ferimentos leves, o que levou o MPMA a desconfiar da internação do motorista. Segundo o promotor de Justiça, Agamenon Batista, uma nova perícia pode ser realizada nele por médicos do Ministério Público ou do Instituto Médico Legal (IML).

Caso fique constatado que o motorista possui condições de ser transferido para o Sistema Prisional do Estado, ele será preso imediatamente.

Victor Yan está internado em um hospital particular de São Luís (MA) desde o dia do acidente

Victor Yan está internado em um hospital particular de São Luís (MA) desde o dia do acidente

“Esses médicos vão emitir um relatório médico com a cópia do prontuário e um laudo atestando a condição dele. Se nós desconfiarmos disso, faremos uma perícia através dos médicos do Estado, que podem ser ou do Ministério Público ou os médicos do Instituto de Criminalística do IML para que façam uma perícia atestando. Se ficar constatado que ele tem condição de ir, ele vai ser transferido para o sistema prisional. Quem assinar o laudo atestando que ele não tem condições de sair da penitenciária, mesmo tendo, será responsabilizado criminalmente”, explicou.

O advogado de defesa do motorista, Pedro Jarbas, alega que o jovem ainda está sem condições de ter alta e que deve passar por uma nova cirurgia em breve.

“Ele já passou por duas cirurgias e cirurgias na parte cervical. Ele teve ferimentos na clavícula e próximo da coluna. Ele fez as duas cirurgias vai partir para mais uma na clavícula que deve acontecer nos próximos dois ou três dias”, disse.

Promotor de Justiça, Agamenon Batista, busca saber se internação de Victor Yan está sendo usada para fugir da prisão preventiva

Promotor de Justiça, Agamenon Batista, busca saber se internação de Victor Yan está sendo usada para fugir da prisão preventiva

A Justiça aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público e Victor Yan virou réu no processo, que o acusa de homicídio doloso (quando há intenção de matar). A prisão preventiva de Victor Yan foi mantida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), após dois pedidos de revogação feitos pela defesa dele.

Nesta quinta-feira (3) o advogado do motorista entrou com um novo pedido de suspensão da prisão, alegando que ele não estaria bêbado e que o acidente foi provocado por um problema no carro que ele dirigia.

“A defesa está se preocupando apenas em soltar o réu, enquanto deveria colaborar com a Justiça na celeridade processual, apresentando a defesa prévia, para que a gente possa continuar o processo, ouvir as testemunhas na audiência de instrução, poder interrogar o réu e sair uma decisão”, disse o juiz Gilberto de Lima Moura, da 2ª vara do Tribunal do Júri.

A denúncia do MPMA sustenta que o motorista estava alcoolizado e por isso, teria provocado o acidente. Ainda segundo o promotor, o fato de Victor Yan não ter se negado a realizar os exames que comprovam a ingestão de bebida alcoólica também atestam que ele estava bêbado.

Prisão preventiva de Victor Yan foi decretada dois dias após o acidente

Prisão preventiva de Victor Yan foi decretada dois dias após o acidente

“Os policiais militares que chegaram no local para atender a ocorrência eles fizeram um auto de constatação, identificando sinais visíveis de embriaguez. O policial é treinado para isso. Quando a pessoa está cambaleando, há hálito de álcool, são situações que você sabe distinguir quando a pessoa ingeriu ou não bebida alcoólica. Durante o período do flagrante até a remoção dele para o IML para fazer os exames, em momento algum ele permitiu que fossem feitos os exames que constavam a embriaguez e o fato dele ter ingerido bebida alcoólica”, concluiu o promotor.

(Com informações do G1MA)

Michael Wesley festeja aniversário com show especial em São Luís

Por Luís Pablo Diversão
 

O cantor maranhense Michael Wesley, nova voz da onda sertaneja e que vem fazendo grande sucesso em Fortaleza-CE, vai celebrar seu aniversário de 21 anos com show especial em São Luís-MA.

A festa será amanhã, dia 4, na casa de eventos New Garden’s (Ponta d’Areia) e contará também com a presença do fenômeno Bruno Shinoda, “O Imperador”, além da agitação do DJ Bulacha.

Produto da Jujuba Editora – uma das maiores empresas de composição do Brasil, Michael Wesley vai cantar seus sucessos como “Moranguinho”, “Traição Cruel”, “Viciado em Você”, “Ilha Azul”, “Açúcar na Bebida”, “Telepatia” e “Finge Que Nem Me Viu”.

Vai ser imperdível!

STJ nega pedido de HC para motorista que matou 5 pessoas no Jaracaty

Por Luís Pablo Acidente
 

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, que dirigia o veículo que capotou na Avenida Carlos Cunha, no bairro Jaracaty em São Luís. O acidente deixou cinco pessoas mortas.

De acordo com o ministro Nefi Cordeiro, a prisão preventiva de Victor Yan deve ser mantida pois ele apresentava sinais de embriaguez, teria negado realizar o teste do bafômetro e o exame de alcoolemia. A prisão do motorista havia sido determinada pela Justiça do Maranhão dois dias após o acidente.

Além disso, a decisão levou em consideração que o laudo pericial de embriaguez alcoólica foi realizado cinco horas após o acidente, o que pode ter influenciado no resultado.

O laudo realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) apontou que o motorista não estava embrigado. Desde o dia do acidente, Victor Yan continua internado em um hospital particular de São Luís. O hospital não divulgou o estado de saúde dele.

Victor Yan virou réu no processo feito pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) que acusa ele de ter causado o acidente. Segundo o juiz Gilberto de Moura Lima, a acusação preenche todos os requisitos previstos no Artigo 41 do Código de Processo Penal (CPP), com a exposição do fato criminoso, suas circunstâncias, qualificação do acusado e classificação do crime.

As investigações realizadas pela Polícia Civil e que foram anexadas na denúncia feita pelo MPMA, apontaram que Victor Yan já havia se envolvido em outro acidente de trânsito, onde ele atingiu uma motocicleta com duas pessoas. Segundo testemunhas, o motorista estava sob efeito de álcool e entorpecentes e fugiu do local sem prestar socorro.

Laudo do Instituto Médico Legal aponta que Victor Yan Barros de Araújo não estava embriagado no momento do acidente

Laudo do Instituto Médico Legal aponta que Victor Yan Barros de Araújo não estava embriagado no momento do acidente

O acidente

Em 8 de setembro, o carro que era guiado por Victor Yan Barros de Araújo se envolveu em um acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty, em São Luís. De acordo com a polícia, o veículo colidiu após ele ter perdido o controle e capotado em uma área residencial do bairro.

Testemunhas contestaram a versão e afirmam que Victor dirigia em alta velocidade. Cinco pessoas morreram por conta do acidente. Dentre os mortos, duas estavam no carro que era guiado por Victor Yan. As outras três vítimas estavam em uma festa de aniversário que estava sendo realizada na área residencial do bairro Jaracaty.

Veja que são as vítimas:

Carla Correa Diniz, agente penitenciária que deixou dois filhos
Tiana Alves Correa, prima de Carla
Henrique Martins Durans Neto, morador do Jaracaty
Maurício Andrey Soares, que estava no banco do carona do veículo envolvido no acidente
Ana Lourdes, passageira do veículo envolvido no acidente
Moradores do Jaracaty realizaram um protesto para reivindicar melhorias na área que aconteceu o acidente. A manifestação parou o trânsito nas principais avenidas de São Luís. Em seguida, foi realizada uma reunião da população com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) onde ficou acertada a construção de uma mureta para a proteção do lado direito da Avenida Carlos Cunha e a colocação de agentes de trânsito na região.

Ex-deputado Sousa Neto vai entrar na disputa pela Prefeitura de Santa Inês

Por Luís Pablo Política
 
Ex-deputado Sousa Neto

Ex-deputado Sousa Neto

O ex-deputado Sousa Neto não pretende encerrar sua carreira política. Apesar de ter desistido da última campanha para reeleição do seu mandado de deputado, Sousa pretende ser candidato em 2020.

Sousa Neto já avisou aos amigos mais próximos que irá entrar na disputa pela Prefeitura de Santa Inês-MA. Ele se filiou no PSDB e vai comandar a legenda no município, onde vai disputar a eleição.

Antes o partido era comandado em Santa Inês pelo ex-prefeito Valdevino Cabral, que deixou a legenda e se filou no PL do deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

O padrinho da campanha do ex-deputado Sousa Neto será o senador Roberto Rocha (PSDB), que já garantiu todo apoio do partido.

Cleomar Tema vistoria implantação de asfalto nos povoados em Tuntum

Por Luís Pablo Política
 
Tema mostrando-se feliz com a execução da obra

Tema mostrando-se feliz com a execução da obra

Nesta quinta, dia 26, o prefeito Dr. Tema foi vistoriar os serviços de implantação asfáltica nos povoados Saborá I e II, no município de Tuntum-MA.

Os povoados reúnem quase de 100 famílias, que serão beneficiadas com as ações da gestão de Tema. No local, o prefeito ficou impressionado com a dinâmica do trabalho que está sendo empreendido e com a alegria dos moradores das duas comunidades.

“Uma coisa melhor do que essa não tem condição não. Aqui a poeira era demais, quando chegava o inverno era lama. Todo povo está achando bom e quando passar o meio fio vai ficar melhor ainda”, afirmou seu Chiquinho do Samborá, 80 anos, morador mais antigo.

Ao todo estão sendo implantados, incluindo serviços de terraplanagem, cerca de 2,5 quilômetros. Após a aplicação da base asfáltica em todo perímetro, será adaptado sarjeta e meio fio em toda extensão.

Tema disse que os serviços de pavimentação não se limitará somente aos dois povoados, e que este ano as comunidades São Bento de Cima, São Bento de Baixo, Brejo do João, São Joaquim dos Melos, Capim e Aldeia também serão beneficiadas.

“Nós estamos, isso desde o ano passado, implantando uma política de melhoria e infraestrutura aos povoados, e a nossa pretensão é continuar até o próximo ano, inclusive, um dos beneficiados será o povoado Creoli do Bina, que nessa próxima semana iremos dar início a construção de uma praça”, afirmou o prefeito.

Cleomar Tema esteve acompanhado dos secretários municipais Magno Melo (Educação), Fabrício Coelho (Saúde), Josinaldo Bílio (Articulação Política e Governo), e do ex-prefeito Pires Léda e o assessor especial Antonio dos Reis.

Projeto “Cuidando de Vidas” idealizado pelo deputado Fábio Macedo realiza sonho do garoto Adão do Geladinho

Por Luís Pablo Política
 
Deputado Fábio Macedo ao lado de Adão e da sua mãe

Deputado Fábio Macedo ao lado de Adão e da sua mãe

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT), por meio do projeto “Cuidando de Vidas”, levou o garoto Adão Nunes de Sousa, de 14 anos, conhecido com Adão do Geladinho, e sua mãe, Dona Cleide, para um passeio marcado por muitas surpresas.

O parlamentar realizou o sonho do adolescente de ter uma televisão grande e uma camisa oficial do seu time de coração, o Corinthians. Adão ainda ganhou um par de chuteiras, meiões e uma bola de futebol.

A história de vida do garoto ganhou visibilidade depois de passar por uma situação de constrangimento enquanto vendia geladinho no município de Grajaú-MA, cidade onde vive, para ajudar no sustento de sua família. O caso viralizou na internet.

Sensibilizados com a situação do menino, três policiais militares, os soldados Célio Henrique Lima Alves, Wesleyson Alves de Oliveira e Roberto Henrique da Silva Lima, arrecadaram dinheiro e compraram todos os geladinhos dele. Além disso, fizeram uma arrecadação virtual para levantar doações para família.

A ação dos policiais rendeu-lhes homenagens com a concessão da Medalha do Mérito Manuel Beckman, maior comenda do Poder Legislativo do Maranhão. Assim como os policiais militares, Adão também foi homenageado.

Natural de Grajaú, Adão do Geladinho vem de uma família muito humilde. Durante o passeio, o menino agradeceu ao deputado Fábio Macedo. “Estou muito agradecido por tudo, obrigada deputado Fábio por todos esses presentes, fiquei muito feliz com a televisão, a camisa do Corinthians e a bola”, disse.

Fábio Macedo vem realizando um trabalho social de destaque na Assembleia Legislativa. Ele demonstrou satisfação em ajudar o menino Adão.

“Hoje tivemos a felicidade de poder proporcionar ao Adão e sua mãe momentos de lazer e descontração em um shopping da cidade. Para mim foi uma satisfação poder proporcionar essas coisas que parecem ser tão simples, mas que para ele e sua família fazem muita diferença. Adão é um exemplo de coragem e perseverança; admiro sua força de vontade para trabalhar e ajudar no sustento de sua família, foi uma grande honra conhecê-lo”, disse Macedo.

Idealizado por Fábio Macedo, o projeto “Cuidando de Vidas” tem o objetivo de levar atendimento em saúde mental para a população maranhense, através de um ambulatório móvel de enfrentamento à depressão, com profissionais de psicologia e psiquiatria. Além disso, se propõe a realizar ações sociais e educativas nas comunidades, assim como ajudar as famílias mais carentes do estado.

Motorista vira réu por acidente que matou cinco pessoas no Jaracaty

Por Luís Pablo Acidente
 
Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís

A Justiça do Maranhão aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público do Estado (MPMA) contra Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, acusado que dirigir o carro que capotou na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty e matou cinco pessoas em São Luís.

De acordo com o juiz Gilberto de Moura Lima, a acusação preenche todos os requisitos previstos no Artigo 41 do Código de Processo Penal (CPP), com a exposição do fato criminoso, suas circunstâncias, qualificação do acusado e classificação do crime. Também foi mantida a prisão preventiva do motorista, que havia sido determinada pela Justiça dois dias após o acidente.

Desde o dia do acidente, Victor Yan continua internado em um hospital particular da capital. As investigações realizadas pela Polícia Civil e que foram anexadas na denúncia, também apontaram que o motorista já havia se envolvido em outro acidente de trânsito, onde ele atingiu uma motocicleta com duas pessoas.

Segundo testemunhas, ele estava sob efeito álcool e entorpecentes e fugiu do local sem prestar socorro. Para a Justiça, o fato de trafegar em vias em estado de embriaguez é motivo suficiente para concluir que o acusado assumiu riscos de produzir acidentes no trânsito, colocando a sua vida de outras pessoas em risco.

O laudo emitido pelo Instituto Médico Legal (IML) realizado em Victor Yan após o acidente apontou que ele não estava embrigado no momento em que realizou o exame. Segundo a Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT), o motorista não realizou o teste do bafômetro no dia, mas um termo lavrado pelos policiais militares que atenderam a ocorrência comprovou que Victor apresentava sinais de embriaguez.

Moradores interditaram Avenida Carlos Cunha com pneus e galhos de árvore

Moradores interditaram Avenida Carlos Cunha com pneus e galhos de árvore

O acidente

Em 8 de setembro, o carro que era guiado por Victor Yan Barros de Araújo se envolveu em um acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty, em São Luís. De acordo com a polícia, o veículo colidiu após ele ter perdido o controle e capotado em uma área residencial do bairro.

Testemunhas contestaram a versão e afirmam que Victor dirigia em alta velocidade. Cinco pessoas morreram por conta do acidente. Dentre os mortos, duas estavam no carro que era guiado por Victor Yan. As outras três vítimas estavam em uma festa de aniversário que estava sendo realizada na área residencial do bairro Jaracaty. Veja que são as vítimas:

– Carla Correa Diniz, agente penitenciária que deixou dois filhos
– Tiana Alves Correa, prima de Carla
– Henrique Martins Durans Neto, morador do Jaracaty
– Maurício Andrey Soares, que estava no banco do carona do veículo envolvido no acidente
– Ana Lourdes, passageira do veículo envolvido no acidente

Dois dias após o acidente, moradores do Jaracaty realizaram um protesto para reivindicar melhorias na área que aconteceu o acidente. A manifestação parou o trânsito nas principais avenidas de São Luís.

Em seguida, foi realizada uma reunião da população com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) onde ficou acertada a construção de uma mureta para a proteção do lado direito da Avenida Carlos Cunha e a colocação de agentes de trânsito na região.

(Com informações do G1MA)

Operação Topique: PF faz busca e apreensão na sede do Governo do Piauí

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Palácio de Karnak, sede do governo do Piauí, em Teresina

Palácio de Karnak, sede do governo do Piauí, em Teresina

Na manhã de hoje, dia 25, a Polícia Federal, em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), deflagrou a segunda fase da Operação Topique, denominada Operação Satélites.

A operação investiga crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes de licitação praticados por gestores públicos da Secretaria de Educação do Estado do Piauí (Seduc) e por empresários contratados para prestação de serviço de transporte escolar.

Segundo as investigações, empresários do setor de locação de veículos e agentes públicos atuam em conluio para fraudar licitações e celebrar contratos de transporte escolar com sobrepreço.

Os serviços são prestados com superfaturamento mínimo de 40%, causando prejuízo a recursos do Fundeb e do Programa Nacional de Transporte Escolar – PNATE. Somente nos contratos celebrados a partir de dois processos licitatórios fraudados, cálculos da CGU demonstram o desvio de pelo menos R$ 50 milhões.

Os inquéritos policiais instaurados a partir dos documentos apreendidos na primeira fase da operação Topique revelam ainda o pagamento de vantagens indevidas a servidores públicos lotados em cargos estratégicos da Seduc.

De acordo com as investigações, o pagamento de propinas ocorre pela entrega de valores em espécie e pela transferência gratuita de veículos e imóveis. Enquanto muitos estudantes são transportados em condições precárias, os envolvidos ostentam bens móveis e imóveis de luxo.

(Com informações do site Meio Norte)