Com restrições, shoppings centers reabrem e registram pouca movimentação em São Luís

Por Luís Pablo Maranhão
 
Shopping no bairro Jacaraty registra pouca movimentação no primeiro dia de reabertura em São Luís (MA)

Shopping no bairro Jacaraty registra pouca movimentação no primeiro dia de reabertura em São Luís (MA)

Os shoppings centers reabriram nesta segunda-feira (15) na Região Metropolitana de São Luís após ficarem quase três meses fechados por conta da pandemia de Covid-19. Alguns shoppings da capital foram registradas poucas filas e baixa a movimentação de pessoas nos locais.

Logo na entrada dos shoppings, foram colocados aparelhos que medem a temperatura corporal, funcionários orientavam consumidores e organizavam o fluxo de pessoas. Também foram disponibilizados tapetes higienizadores e pontos para higienização das mãos com álcool em gel.

Funcionários de shopping no bairro Turu medem a temperatura de cliente em São Luís (MA)

Funcionários de shopping no bairro Turu medem a temperatura de cliente em São Luís (MA)

Cartazes foram fixados na entrada das lojas indicando o limite máximo de ocupação de pessoas. Em lojas de departamento, algumas entradas foram isoladas com papel filme para evitar aglomerações. Por terem ficado muito tempo fechadas, alguns lojistas apostaram nas promoções que foram sinalizadas nas vitrines.

Cartazes indicam o limite de ocupação de pessoas permitido em uma loja no shopping de São Luís (MA)

Cartazes indicam o limite de ocupação de pessoas permitido em uma loja no shopping de São Luís (MA)

Sinalizações para distanciamento social foram colocadas no chão, em escadas rolantes e a maioria dos corredores ficaram praticamente vazios na reabertura. As praças de eventos e alimentação foram desativadas para evitar aglomerações e não houve muita movimentação.

Praça de alimentação ficaram praticamente vazias em shopping de São Luís (MA)

Praça de alimentação ficaram praticamente vazias em shopping de São Luís (MA)

(Com informações do G1MA)

Deputado Zé Gentil morre por Covid-19

Por Luís Pablo Política
 
Deputado Zé Gentil

Deputado Zé Gentil

Na madrugada desta segunda-feira, dia 15, morreu o deputado estadual maranhense José Gentil Rosa, mais conhecido como Zé Gentil. Ele veio a óbito às 4h45 por Covid-19.

Zé Gentil estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 7 de junho, no Hospital Unimed Primavera, em Teresina-PI.

Ontem, dia 14, o hospital divulgou um boletim informando que ele teve uma “piora importante do quadro geral, com instabilidade hemodinâmica e parada cardiorespiratória, revertida com as devidas medidas. Ele mantinha-se grave, instável, com ventilação mecânica e necessidade de drogas vasoativas.”

O parlamentar tem 80 anos e é pai do prefeito de Caxias, Fábio Gentil (Republicanos).

LUTO

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, vai decretar luto oficial de 3 dias.

“Infelizmente, perdemos hoje o deputado José Gentil […] Minha solidariedade à viúva, aos filhos e netos, aos amigos e, de forma especial, à população de Caxias. Que Deus o receba em paz”, escreveu Othelino em sua rede social.

VAGA

Quem assume a vaga de Zé Gentil é o deputado Edivaldo Holanda, pai do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior.

Edivaldo está no parlamento em substituição a Marcelo Tavares, que se afastou para ser secretário no Governo Flávio Dino.

NOTA DE PESAR

A Assembleia Legislativa do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do deputado estadual José Gentil (PRB), aos 80 anos, nesta segunda-feira (15). Em razão desta grande perda, o Parlamento maranhense decreta luto oficial de três dias.

Zé Gentil, como era conhecido, estava no seu quarto mandato como deputado estadual, exercendo a função nas legislaturas 1987 a 1991 (deputado constituinte), 1991 a 1995, 1995 a 1999 e, na atual, de 2019 a 2023.

Pai de quatro filhos, entre eles o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, o falecimento de Zé Gentil deixa uma imensa lacuna na política do Estado e enluta os cidadãos e cidadãs caxienses e de todo o Maranhão.

Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa transmite irrestrita solidariedade aos familiares, amigos, admiradores, e à população de Caxias em geral, que perde um grande líder político e apaixonado por essa cidade tão querida. Deus o receba em paz!

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

Preso em flagrante ex-chefe de gabinete do prefeito de Barra do Corda

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Eric Costa ao lado do seu ex-funcionário

Eric Costa ao lado do seu ex-funcionário

Carlito Santos, ex-chefe de Gabinete do Prefeito e Presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – FAMEM, Eric Costa, foi autuado em flagrante por compra e venda de veículos roubados, na tarde desta quarta-feira (10), na cidade de Barra do Corda (MA).

Na operação, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu três carros roubados e clonados com documentações falsificadas.

No poder de Carlito, foram apreendidos também documentos CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) e procurações falsas. O mesmo pode responder por uso de documentos falsos, associação criminosa e receptação qualificada.

No dia 04 de maio deste ano, Carlito Santos, que é ex-vereador do município, se descompatibilizou do seu cargo de Chefe de Gabinete da Prefeitura de Barra do Corda, para concorrer novamente ao cargo de Vereador, nas eleições municipais de 2020.

Além de Carlito Santos, foi preso também em flagrante o seu filho, Kléber, que é ex-assessor especial do prefeito Eric Costa, Presidente da FAMEM, pelo mesmo crime.

Ambos aos serem presos, autuados em flagrante, foram encaminhados para o presídio.

QUE LOUCURA! Homem invade a TV Globo e fazer repórter refém

Por Luís Pablo Polícia
 
Homem fazendo repórter da TV Globo de refém dentro da emissora

Homem fazendo repórter da TV Globo de refém dentro da emissora

Na tarde desta quarta-feira (10), um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico, portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém.

A segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação.

O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos. Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem.

A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos.

Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente.

Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação.

Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção.

CLIQUE E VEJA:

(Com informações do G1)

QUEM CALA CONSENTE! Edivaldo Holanda Júnior fica em silêncio sobre operação da PF em seu governo

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís, teve sua gestão alvo da PF

Edivaldo Holanda Júnior, prefeito de São Luís, teve sua gestão alvo da PF

Já diz a expressão popular: quem cala consente.

É o caso do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), sobre a Operação Cobiça Fatal deflagrada ontem, dia 9, pela Polícia Federal na Secretaria Municipal de Saúde.

Edivaldo permanece calado e em sua rede social segue postando somente fotos de obras, enquanto sua gestão foi acusada pelos federais de ter causado prejuízo ao Fundo Municipal de Saúde na ordem de R$ 2.306.600,00 (dois milhões, trezentos e seis mil e seiscentos reais).

Esse recurso deveria ser direcionado ao combate do novo coronavírus (Covid-19), mas foi desviado por uma quadrilha acusada de fraudar licitação e superfaturar o preço de máscaras descartáveis.

O silêncio do prefeito é comprometedor.

Prefeito de Pedreiras contrata o próprio irmão por dispensa de licitação e os dois são condenados pela Justiça

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Antonio França

Prefeito Antonio França

Atendendo pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça condenou, em 5 de junho, o prefeito de Pedreiras, Antonio França de Sousa e o irmão dele Daniel França de Sousa por atos de improbidade administrativa.

A Ação foi ajuizada pela promotora de justiça Marina Carneiro Lima de Oliveira, da Comarca de Pedreiras. A sentença foi assinada pelo juiz Marco Adriano Ramos Fonsêca.

De acordo com o MPMA, Antonio França, na qualidade de prefeito, contratou o seu irmão Daniel França de Sousa para prestar serviços de eletricista para o Município, por dispensa de licitação, violando as normas constitucionais e legais.

A manifestação ministerial foi deflagrada após investigação provocada por Representação formulada pelos vereadores Elcimar Silva Lima Filho e Francisco Sérgio Oliveira da Silva, na qual apontaram improbidade administrativa, praticada pelo prefeito, com o argumento de que o gestor contratou o próprio irmão por meio de dispensa de licitação para realizar um serviço na rede elétrica de alta tensão do município.

Segundo os vereadores, o serviço, no valor de R$ 6 mil, atendeu as necessidades da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo.

“Tal conduta, evidentemente, merece a devida resposta, já que violou os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições públicas, incorrendo, portanto, em ato de improbidade administrativa”, ressaltou o juiz na sentença.

Antonio França foi condenado a penalidades previstas na Lei nº. 8.429/92 (Lei da Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano no valor de R$ 6 mil, solidariamente ao segundo requerido, sobre o qual incidirá correção monetária e juros; perda da função pública, após o trânsito em julgado da Ação, e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

Outras sanções são: pagamento de multa civil no valor de duas vezes o valor do dano, sobre a qual incidirá correção monetária e juros (o valor da multa será revertido em favor do erário municipal), e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

O irmão do prefeito também foi condenado a sanções impostas pela Lei nº. 8.429/92 (Lei da Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano, no valor de R$ 6 mil, solidariamente ao primeiro requerido, sobre o qual incidirá correção monetária e juros; pagamento de multa civil no valor de R$ 6 mil (o valor da multa será revertido ao erário municipal); além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de 10 anos.

Governador do Pará é alvo de operação da PF sobre compra de respiradores

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Governador Helder Barbalho

Governador Helder Barbalho

A Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (10), a Operação Bellum, que tem como objetivo apurar a existência de fraude na compra de respiradores pulmonares pelo governo do Pará para ajudar no combate ao coronavírus. São 23 mandados de busca e apreensão no Pará e mais seis estados.

São alvos de busca o governador Helder Barbalho (MDB) e o presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), Alberto Beltrame. Além deles, os sócios da empresa investigada e servidores públicos estaduais são investigados.

As buscas foram realizadas nas residências dos investigados, em empresas e, também, no palácio dos despachos, do governo, e nas secretarias de estado de Saúde, Fazenda e Casa Civil do estado do Pará.

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Belém

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Belém

Indícios levantados pela Procuradoria-Geral da República apontam que o governador tem relação próxima com o empresário responsável pela concretização do negócio.

Mostram, ainda, que sabia da divergência dos produtos comprados e da carga de ventiladores pulmonares inadequados para o tratamento da Covid-19 que foi entregue ao estado.

Além do contrato dos respiradores, a organização ligada a este empresário foi favorecida com uma outra contratação milionária, cujo pagamento também foi feito de forma antecipada, no valor de R$ 4,2 milhões.

Polícia Federal realiza buscas na casa do governador, Helder Barbalho

Polícia Federal realiza buscas na casa do governador, Helder Barbalho

Helder é o 2º governador alvo de operação da PF sobre contratos relacionados ao combate ao coronavírus. O primeiro foi Wilson Witzel, do RJ, em maio.

Segundo a PF, a compra dos respiradores custou ao estado do Pará o valor de R$ 50.400.00,00. Desse total, metade do pagamento foi feito à empresa vendedora do equipamento de forma antecipada, sendo que os respiradores sofreram grande atraso na entrega, além de serem diferentes do modelo comprado e não funcionarem no tratamento da Covid-19, razão pela qual foram devolvidos.

Os crimes sob investigação são de fraude à licitação falsidade documental e ideológica, corrupção ativa e prevaricação e lavagem de dinheiro.

(Com informações do G1)

Assembleia aprova envio de mensagem de solidariedade a Alcione após cantora sofrer ataques racistas

Por Luís Pablo Polícia
 
Cantora Alcione e o presidente da Fundação Palmares

Cantora Alcione e o presidente da Fundação Palmares

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou o envio de mensagem de solidariedade à cantora maranhense Alcione Nazareth, que recentemente foi alvo de declarações racistas e preconceituosas proferidas pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

O requerimento, de autoria do presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), e do deputado Roberto Costa (MDB) foi subscrito pelos deputados Zé Inácio (PT) e Duarte Jr. (Republicanos), sendo aprovado por unanimidade pelos parlamentares, durante a 9ª Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência realizada nesta terça-feira (9).

Na mensagem, os deputados repudiam com veemência as declarações feitas por Sérgio Camargo e reafirmam a profunda admiração que têm pela artista, carinhosamente conhecida como “Marrom”.

Presidente da Assembleia do MA, Othelino Neto

Presidente da Assembleia do MA, Othelino Neto

Os parlamentares também exaltam a sua coragem em, no exercício da sua atividade artística, denunciar com bravura e altivez toda forma de violência e de preconceito contra o povo negro do Brasil.

“A Assembleia Legislativa aprovou, o envio de uma mensagem de solidariedade à cantora Alcione, em razão das palavras grosseiras de que ela foi vítima, proferidas pelo presidente da Fundação Palmares, que não cumpre com o seu dever e ainda ofende o povo negro e aqueles que defendem as lutas da comunidade negra no Brasil”, declarou Othelino Neto.

A declaração de Sérgio Camargo foi uma resposta ao desabafo de Alcione, que comentou um áudio de uma reunião, no dia 30 de abril, em que o presidente da Fundação Palmares chamou o movimento negro de “escória maldita” e disse que, enquanto ele estiver no cargo, “macumbeiro não vai ter nem um centavo”.

Camargo dirigiu-se a Alcione como “barraqueira, que incita o crime e à violência contra um negro que tem opiniões próprias”, além de tecer críticas ao trabalho da artista. A cantora maranhense recebeu o apoio de diversas personalidades da classe artística, que se mobilizaram e saíram em sua defesa.

COVID-19: deputado Zé Gentil segue internado em estado grave

Por Luís Pablo Saúde
 
Deputado Zé Gentil

Deputado Zé Gentil

O deputado estadual Zé Gentil permanece internado em estado grave e lutando contra o novo coronavírus (Covid-19).

O seu filho, prefeito Fábio Gentil (Caxias-MA), emitiu nota comunicado a todos o estado de saúde do pai e agradeceu pelas orações que tem recebido.

ABAIXO A NOTA:

Meus irmãos, em nome de toda a nossa família, agradecemos as orações, as mensagens de afeto e de positividade que temos recebido. O estado de saúde de meu pai, o Deputado Zé Gentil, continua grave. Segue aqui o boletim do hospital do dia de hoje, terça-feira 09 de junho. Peço a todos que contiuemos em oração.

Muito obrigado!
Fábio Gentil e família.

Deputada recebe alta após 11 dias em UTI com Covid-19 no Maranhão

Por Luís Pablo Saúde
 

Deputada estadual e médica Thaiza Hortegal recebe alta de hospital após contrair a Covid-19

Deputada estadual e médica Thaiza Hortegal recebe alta de hospital após contrair a Covid-19

A deputada estadual e médica Thaiza Hortegal (PP) recebeu alta de um hospital particular nessa segunda-feira (8) em São Luís, após ser diagnosticada com a Covid-19.

A parlamentar contraiu a doença enquanto trabalhava como médica voluntária no Hospital Antenor Abreu, localizado em Pinheiro, município do interior do Maranhão.

Thaiza ficou internada por 18 dias no hospital, sendo 11 deles em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Na saída da unidade, ela foi aplaudida por profissionais da saúde que trabalham na linha de frente contra a doença. Ao chegar em casa, ela foi recebida com festa pela família e se reencontrou com os filhos após dias de isolamento.

Por conta da doença, a deputada teve 90% e 75% de comprometimento dos dois pulmões. Ainda com dificuldades de falar, Thaiza se emocionou e disse que pode sentir as dificuldades que os pacientes com Covid-19 que ela estava tratando sentiram ao contrair a doença. Ela também agradeceu a equipe médica que cuidou do caso dela durante o tratamento.

“Tudo aquilo que eu vi em vários pacientes meus eu vivenciei. Eu sou um milagre de Deus porque meu quadro era muito grave e hoje eu voltar para casa é motivo de agradecimento. Quero agradecer a todos os profissionais, desde o meu irmão que conduziu meu caso desde o início, os médicos que estiveram discutindo e preocupados com meu caso. O apoio da minha família foi fundamental, porque se não eu não teria aguentado, não teria suportado tantos dias de isolamento e de dificuldades. Eu só tenho a agradecer é um milagre da vida, eu sou uma sobrevivente de Deus e do Covid”, disse emocionada.