Delegado é preso por extorquir assaltantes de banco no MA

Por Luís Pablo Polícia
 
Delegado Tiago Bardal

Delegado Tiago Bardal

Uma operação conjunta do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), deflagrada na manhã desta quarta-feira, 28, resultou na prisão preventiva do delegado Tiago Mattos Bardal, do investigador de polícia João Batista de Sousa Marques e dos advogados Werther Ferraz Junior e Ary Cortez Prado Junior.

Além das prisões, também foram realizadas operações de busca e apreensão nas residências dos envolvidos, nos municípios de São Luís e Imperatriz, nas quais foram apreendidos documentos, celulares e computadores. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Criminal da Comarca de São Luís.

De acordo com as investigações, os presos se associaram em uma organização com o objetivo de extorquir grupos criminosos, recebendo parte do apurado em assaltos a bancos e fazendo a proteção das quadrilhas, mediante o recebimento de propina.

As práticas vinham acontecendo desde 2015, quando Tiago Bardal assumiu a chefia da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Os policiais recebiam cerca de R$ 100 mil por assalto realizado e cobravam, ainda, para evitar a prisão de líderes das organizações criminosas. A cobrança era feita por intermédio dos advogados presos nesta quarta-feira.

As investigações continuam e buscam averiguar a participação de outros policiais no esquema.

Leonardo Sá vai fazer festa respondendo processo por estelionato

Por Luís Pablo Política
 

O médico Leonardo Sá (PRTB) vai promover um evento na cidade de Pinheiro-MA intitulado como “Festa da Vitória” por ter sido eleito deputado estadual.

Sá acredita que tem muito o que comemorar, mesmo estando respondendo a um gravíssimo processo por estelionato majorado (veja o processo aqui). O processo tramita na 2ª VARA da Justiça Federal.

Além de responder por estelionato, o médico também responde a processos numa Ação Civil Pública de improbidade administrativa e fraude em benefícios do INSS.

Leonardo Sá é acusado pelo Ministério Público Federal por condutas ilícitas praticadas em perícias médicas, quando esteve à frente do Instituto de Previdência.

Mesmo com todas essas broncas na Justiça, o deputado estadual eleito ainda vai fazer festa de comemoração – só não se sabe o que comemorar com tanto processo para responder.

6ª Vara Cível – Sjma
Juiz Titular : DR. NELSON LOUREIRO DOS SANTOS
Atos do Exmo. : DR. NELSON LOUREIRO DOS SANTOS
EXPEDIENTE DO DIA 21 DE NOVEMBRO DE 2018
AUTOS COM ATO ORDINATÓRIO
No (s) processo (s) abaixo relacionado (s)
Numeração única: 11672-07.2014.4.01.3700
11672-07.2014.4.01.3700 AÇÃO CIVIL PÚBLICA DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
REQUERIDO: LEONARDO SARMENTO PIRES DE SA
ADVOGADO: MA00010004 – JOAQUIM ADRIANO DE CARVALHO ADLER FREITAS
ADVOGADO: MA00008130 – ANTINO CORREA NOLETO JUNIOR
O Exmo. Sr. Juiz exarou :
(Conforme Portaria n. 06/6ª Vara/SJ/MA, de 15/09/2010) De ordem do MM. Juiz Federal desta Vara, abro vista dos autos às partes para manifestação acerca dos documentos juntados às fls. 356 e 261/479.

Prefeitos do MA irão apresentar pauta de reivindicações a Jair Bolsonaro

Por Luís Pablo Política
 

Na manhã desta terça-feira (27), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, reuniu-se com prefeitos e prefeitas maranhenses para elaborar uma pauta municipalista de interesses das cidades.

O documento será apresentado ao presidente eleito Jair Bolsonaro em um encontro que acontecerá no mês de dezembro, em Brasília.

Além de Tema, compuseram a mesa de trabalho o vice-presidente Miltinho Aragão (São Mateus); e os prefeito Erlanio Xavier (Igarapé Grande), Valmira Miranda (Colinas), e Fábio Gentil (Caxias).

Foram discutidos assuntos de grande relevância e reivindicações que norteiam questões voltadas para a educação, saúde, FPM, funcionamento de abatedouros públicos, dentre outras.

Na educação, foi proposto um parcelamento administrativo dos precatórios do Fundef, via Procuradoria Geral da União (PGU), para que as cidades não tenham perdas significativas; e solicitar ao presidente eleito que implante o CAQi. (Custo Aluno Qualidade inicial).

Na saúde, as demandas são para reaver o subsídio oferecido pela União para o custeio das despesas na per capita; correção dos valores repassados aos municípios na média e alta complexidade; bem como o tratamento fora de domicilio – a sugestão é que tenha uma equiparação no TFD, principalmente nos atendimentos de hemodiálise.

Outra sugestão apresentada pelos gestores refere-se aos investimentos oriundos das emendas de bancada. Todo o recurso, que gira em torno de R$ 170 milhões, será destinado, segundo a proposta, para área da saúde.

“Criamos uma pauta municipalista que iremos levar ao futuro governo na área da educação, saúde e outros assuntos de interesses dos municípios, tais como abatedouros e política de resíduos sólidos, é de extrema importância essa iniciativa, porque visa solucionar problemáticas antigas de várias cidades do nosso estado”, destacou Cleomar Tema.

Governo autoriza parcelamento de IPVA atrasado

Por Luís Pablo Política
 

O Governo do Maranhão autorizou o parcelamento de débitos em atraso de IPVA e do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCD).

O governador Flávio Dino (PCdoB) já editou um decreto autorizando o parcelamento.

“Estou editando agora duas medidas autorizando parcelamento de IPVA e ITCD atrasados, bem como descontos nas multas e juros respectivos. O Programa vai até o dia 28 de dezembro”, anunciou o governador.

O decreto autoriza ainda, descontos de multas e juros.

O fracasso do segundo mandato de Luis Fernando em Ribamar

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Marco D’Eça

INEVITÁVEL COMPARAÇÃO. Luís Fernando não pôde fazer o que fez no primeiro mandato e acabou sendo comparado consigo mesmo; e fracassou

INEVITÁVEL COMPARAÇÃO. Luís Fernando não pôde fazer o que fez no primeiro mandato e acabou sendo comparado consigo mesmo; e fracassou

Tido como exemplo de excelência em gestão no período de 2004 a 2009, quando governou o município de São José de Ribamar pela primeira vez, o tucano Luis Fernando Silva decidiu voltar ao mesmo lugar em 2016.

Cometeu um erro grave em política.

Na verdade, já havia cometido o primeiro erro político em 2014, quando recuou em cima da hora de de uma candidatura a governador que tinha todo o respaldo das lideranças políticas do seu grupo.

Apostando na aliança com o seu ex-adversário Flávio Dino (PCdoB), Luis Fernando elegeu-se em Ribamar com absoluto apoio da população.

Mas fracassou na volta à cidade.

Sem obras que justifiquem sua gestão, Luís Fernando vem perdendo o apoio da população e agora começa a perder também a liderança política em Ribamar.

A derrota na tentativa de obter um empréstimo de R$ 60 milhões na Câmara Municipal, expôs o fracasso político do prefeito.

E sem recursos, a tendência é a situação de Ribamar piorar ainda mais, já que ele nunca teve o apoio esperado do seu ex-desafeto Flávio Dino, a quem chegou a chamar de “mudança de gogó”, e acabou por perder o apoio que tinha do senador Roberto Rocha (PSDB).

O presidente tucano no Maranhão já chegou, inclusive, a pedir sua saída do PSDB.

Esnobado por Flávio Dino, sem relações federais e sem apoio local, é possível que Luís Fernando sequer concorra à reeleição em 2020.

Mas esta é uma outra história…

Polícia do MA estima que R$ 100 milhões foram roubados em Bacabal

Por Luís Pablo Política
 
Polícia identifica chefe do bando que atacou agência em Bacabal

Polícia identifica chefe do bando que atacou agência em Bacabal

A polícia do Maranhão estima que a quadrilha tenha roubado em Bacabal cerca de R$ 100 milhões. Até o momento, R$ 3 milhões já foram recuperados pelos policiais.

A investigação aponta que o líder da quadrilha responsável pelo assalto a agência do Banco do Brasil ocorrida na noite de domingo (25) na cidade de Bacabal, a 240 km de São Luís.

Segundo a polícia, José Francisco Lumes, mais conhecido como “Zé de Lessa”, estava no município comandando pessoalmente a ação da quadrilha.

De acordo com a polícia, “Zé de Lessa” é bastante conhecido por crimes em todo o país, especialmente por roubos a banco. Natural do estado da Bahia, “Zé de Lessa” começou na vida do crime fazendo assalto a instituições financeiras. Foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) confirmou que três assaltantes foram mortos em confronto com a polícia. Um morador da cidade também morreu durante a troca de tiros.

Na manhã desta terça-feira (27), o delegado Carlos Renato confirmou que outro morador também foi atingido por disparos de arma de fogo e segue em recuperação.

Agência do Banco do Brasil ficou completamente destruída após ataque dos bandidos em Bacabal

Agência do Banco do Brasil ficou completamente destruída após ataque dos bandidos em Bacabal

Sobre as prisões, duas pessoas foram flagradas pela Polícia Militar dentro da agência recolhendo as cédulas deixadas para trás pelos bandidos e, por isso, foram encaminhadas à delegacia.

“A informação a priori é que ele estava no meio do tiroteio e não era refém. O civil morreu de imediato durante o fato por conta de bala perdida de um dos assaltantes”, contou o delegado Luciano Correia, responsável pelo Departamento de Combate a Roubo às Instituições Financeiras.

A ação criminosa aconteceu por volta das 22h de domingo (25) e os bandidos estavam fortemente armados. Durante a ação, os criminosos incendiaram viaturas e ainda atacaram o quartel do 15º Batalhão da Polícia Militar e também a Delegacia Regional de Polícia Civil.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que foram deslocadas várias equipes das Polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas.

A Polícia informou ainda que está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados. A quantia de dinheiro levada pela quadrilha não foi informada pela SSP.

Ex-prefeito de João Lisboa é procurado pela polícia

Por Luís Pablo Política
 

Ex-prefeito Glender Malheiros

Ex-prefeito Glender Malheiros

O juiz da 1ª Vara da Comarca de João Lisboa-MA, Glender Malheiros Guimarães, determinou o cumprimento da prisão de Francisco Alves de Holanda, ex-prefeito de João Lisboa, e recolhimento em uma das unidades prisionais à disposição da Justiça.

O ex-prefeito foi condenado por crimes previstos nas Leis de Responsabilidade e Licitação, quando foi gestor do município, de 2001 a 2004.

O delegado de Polícia Civil de João Lisboa, Diego Schiavini, diz que o mandado foi expedido há mais de 30 dias e a polícia não tem medido esforços para a prisão do ex-prefeito, considerado

“Esta decisão tem caráter criminal. O mandado de prisão é decorrente de três Ações Penais transitadas em julgado, duas da Lei de Improbidade e outra da Lei de Responsabilidade dos Prefeitos, Decreto Lei 201/67, que somam uma pena de 10 anos e 6 meses de prisão”, informou o delegado.

Polícia recupera parte do dinheiro que foi roubado em noite de terror em Bacabal

Por Luís Pablo Polícia
 

Foi recuperado pela Polícia Militar do Maranhão uma parte do dinheiro que foi roubado na noite de ontem, dia 25, no município de Bacabal.

O dinheiro recuperado foi roubado por uma quadrilha que tocou o terror em Bacabal, assaltando bancos e uma transportadora de valores.

Durante a ação criminosa, os bandidos incendiaram viaturas e enfrentaram a polícia da região. Três assaltantes foram mortos no confronto com a polícia e um suspeito foi preso. Reveja aqui.

Matheus Mota é o candidato a prefeito de Weverton Rocha em Pastos Bons-MA

Por Luís Pablo Política
 
Matheus Mota e Weverton Rocha juntos em 2020

Matheus Mota e Weverton Rocha juntos em 2020

O empresário Matheus Mota contará com um forte apoio em 2020 para sua campanha de prefeito no município de Pastos Bons-MA.

Matheus será o candidato a prefeito do deputado federal e senador eleito Weverton Rocha (PDT), que gravou um vídeo declarando apoio durante a festa de comemoração da reeleição do deputado federal André Fufuquinha.

“Alô meus amigos de Pastos Bons! Em 2020 começa uma campanha da renovação e da mudança […] E Matheus eu já te disse: 2020 estamos aí em Pastos Bons construindo esse novo momento”, garantiu Weverton Rocha.

O jovem candidato a prefeito agradeceu o apoio do senador eleito e disse que irá construir uma nova história em Pastos Bons, com novas propostas e ideias.

“Valeu Weverton! Saiba que em 2020 estaremos construindo com novas ideias um novo futuro”, disse Matheus Mota.

Clique e veja:

(Publipost)

Bolsonaro critica aplicação de prova aos recém-formados em direito; OAB se pronuncia sobre o Exame da Ordem

Por Luís Pablo Brasil
 

IS Ingrid Soares – Especial para o Correio

Cláudio Lamachia e Jair Bolsonaro

Cláudio Lamachia e Jair Bolsonaro

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se manifestou a respeito das declarações críticas do presidente eleito, Jair Bolsonaro, que em entrevista neste domingo, 25, foi enfático ao discordar do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos) e criticou o Exame de Ordem, que é aplicado aos recém-formados em direito.

Em nota, o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, ressaltou que o Exame de Ordem é um importante meio para aferir a qualidade do ensino do Direito e que as provas também são aplicadas em países como Estados Unidos, Japão e Europa.

Lamachia apontou que o objetivo do exame é preservar a sociedade de profissionais que não detenham conhecimento suficiente para garantir o resguardo de direitos fundamentais, como a liberdade, a honra e o patrimônio das pessoas.

Bolsonaro afirmou o posicionamento contrário ao Revalida após um almoço na Escola de Educação Física do Exército, no bairro da Urca, na zona sul do Rio de Janeiro.

“Ele (Mandetta) tá sugerindo o Revalida até com uma certa periodicidade. Eu sou contra porque vai desaguar na mesma situação que acontece com a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Nós não podemos formar jovens no Brasil, em cinco anos, no caso dos bacharéis de Direito, e depois submetê-los a serem advogados de luxo em escritórios de advocacia. Advogados de luxo não, boys de luxo de escritório de advocacia”, disparou o presidente eleito.

Lamachia esclareceu ainda que o Exame de Ordem não tem número de vagas limitado, e que todos os que atingem a pontuação mínima podem exercer a profissão.

“A OAB busca constantemente o aperfeiçoamento dos cursos de direito no país, requerendo inclusive maior controle por parte do Ministério da Educação para a autorização de abertura de novas vagas, para que a qualidade do ensino não seja comprometida. Aliás, seria importante o comprometimento do futuro governo contra o uso político do MEC que tem patrocinado ao longo dos últimos anos um verdadeiro estelionato educacional ao autorizar o funcionamento de faculdades de direito sem qualificação, contrariando pareceres da OAB e os interesses de toda a sociedade”, finalizou.