Escritório de advocacia Carlos Sérgio Barros está de cara nova

Por Luís Pablo Política
 

Nova fachada do escritório Carlos Sérgio Barros advogados

O escritório jurídico Carlos Sérgio Barros advogados, após obras de ampliação e readequação, está de “cara nova”. Figurando há mais de duas décadas entre os mais destacados escritórios de advocacia do estado especializado em direito municipalista e eleitoral, com o incremento de clientela e o aumento de ações, viu a necessidade de se readequar. As obras de reforma e ampliação foram concluídas recentemente.

“Nosso espaço estava ficando pequeno, mas também sentíamos a necessidade e uma atualização arquitetônica. Chamamos a arquiteta Elayne Macêdo, amiga e parceira desde a construção do prédio original, e o resultado ficou excelente”, festejou Carlos Sérgio.
Foram meses de planejamento e execução, que exigiu uma logística altamente profissional, capaz de conciliar o funcionamento do escritório e, ao mesmo tempo, a execução das obras, que mudaram radicalmente a construção.

Carlos Sérgio Barros

“Nosso espaço físico ‘deu uma virada’. Melhorou muito, está mais confortável e espaçoso, e nossa equipe está feliz com essa conquista. Mas também representa uma melhoria na relação com nossa clientela, que passou a ter mais conforto. E aproveito para agradecer a confiança mútua que permeia nossa relação com os clientes. O sucesso das gestões que assessoramos e as vitórias de nossos clientes, sejam jurídicas ou eleitorais, é o nosso maior sucesso”, afirmou o advogado.

Carlos Sergio Barros detêm um vasto currículo profissional e acadêmico. Além dos vários cursos de pós-graduação em diversas áreas do Direito, o advogado recebeu recentemente o título de Mestre em Direito Constitucional ao concluir o curso de mestrado acadêmico pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa – IDP, de Brasília/DF.

Ambiente moderno e aconchegante

A reinauguração da sede do escritório marca um novo momento na carreira do advogado Carlos Sergio Barros e de sua equipe de competentes juristas, que combina jovens advogados e advogadas com seu núcleo maduro e mais experiente.

Jefferson Portela dá voz de prisão a homem que se masturbava em voo

Por Luís Pablo Política
 

Jefferson Portela

O ex-secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, deu voz de prisão a um homem, identificado apenas como Maurício, que se masturbava durante um voo de Brasília para São Luís, na noite dessa quarta-feira (19).

Portela relatou que o suspeito se trancou no banheiro da aeronave antes da decolagem, e depois da decolagem retornou ao banheiro, onde ficou cerca de 30 minutos. Ao retornar ao assento, começou a se masturbar ao lado de uma passageira.

Um dos passageiros alertou Jefferson Portela, que também estava no voo. “Pouco antes do pouso, o homem voltou a se trancar no banheiro do avião. Ele só saiu após a tripulação bater à porta e chamá-lo por diversas vezes, obrigando-o a sair de lá”, mencionou Portela.

Após o desembarque, o ex-secretário deu voz de prisão e conduziu o homem até os agentes da Polícia Federal, que encaminharam o suspeito até à sede da PF para adoção dos procedimentos legais, tendo as testemunhas confirmado que ele estava se masturbando ao lado de uma passageira.

A PF verificou que o homem tinha duas passagens policiais recentes por estupro de vulnerável. Após a autuação, o investigado foi levado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da justiça.

Prefeitura de Itapecuru é investigada por descumprimento de despesas com pessoal

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Benedito Coroba

O Ministério Público instaurou Procedimento Administrativo para apurar o descumprimento do limite de despesas com pessoal no Município de Itapecuru-Mirim, administrado pelo prefeito Benedito Coroba.

O procedimento tramita na 1ª Promotoria de Justiça de Itapecuru- Mirim, sob a responsabilidade do promotor Luís Samarone Batalha Carvalho.

A investigação tem como alvo o exercício financeiro de 2023 da gestão de Benedito Coroba. O descumprimento do limite de despesas com pessoal infringe a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Site diz que candidato a deputado federal do Piauí devia R$ 10 milhões a Pacovan

Por Luís Pablo Política
 

    Pacovan

A polícia ainda não identificou o mandante e os demais envolvidos na morte do empresário e agiota Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como Pacovan.

Estima-se que Pacovan tinha pelo menos R$ 600 milhões emprestados a políticos e empresários dos estados do Maranhão, Piauí, Ceará e Tocantins.

O portal de notícias AZ, de Teresina (PI), divulgou que um candidato a deputado federal do Piauí, nas eleições de 2022, tinha um débito de R$ 10 milhões com o agiota.

Em Teresina, o intermediário dos empréstimos teria uma lista com deputado federal e estadual, e outra com nomes de prefeitos e candidatos a prefeitos. As identidades não foram reveladas.

Pacovan foi executado na última sexta-feira (14), na loja de conveniência do posto de combustível Joyce, de sua propriedade, em Zé Doca. O veículo usado pelos criminosos foi incendiado e localizado em uma estrada vicinal no mesmo dia do crime.

TCE-MA mantém decisão contrária a Dóris Rios em Vitória do Mearim

Por Luís Pablo Política
 

Dóris Rios

Durante sessão plenária, o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) manteve decisão de contas irregulares da ex-prefeita de Vitória do Mearim, Dóris de Fátima Ribeiro Pearce, conhecida como Dóris Rios, e indeferiu recurso da ex-gestora.

Dóris Rios interpôs embargos contra o Acórdão PL-TCE n° 772/2018, que julgou irregulares as contas do convênio n°48/2010, celebrado entre a Prefeitura de Vitória do Mearim e a Secretaria de Estado das Cidades (Secid).

A Corte de Contas não acatou os embargos e ficou mantida a decisão do Acórdão. Dóris Rios ainda foi alertada em relação ao uso correto dos embargos de declaração, que devem obedecer as hipóteses previstas na Lei Orgânica do TCE-MA, sob pena de multa.

Prefeito de Amarante do Maranhão deve exonerar nove servidores por nepotismo

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Vanderly Gomes

O Ministério Público Estadual recomendou ao prefeito de Amarante do Maranhão, Vanderly Gomes, que exonere nove servidores da gestão municipal. Os funcionários são parentes da secretária municipal de Meio Ambiente, Gestão Indígena e Desenvolvimento Sustentável, Vera Lúcia Ferreira Gomes, que também deve ser exonerada do cargo.

Vera Lúcia é esposa do ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Antônio Alves de Sousa, que foi exonerado do cargo por prática de crime ambiental, em cumprimento à Recomendação nº 22021, expedida pela Promotoria de Justiça de Amarante.

Após exoneração de Antônio Alves, Vera Lúcia, que é servidora efetiva municipal no cargo de auxiliar de serviços gerais, foi nomeada pelo prefeito e ficou no lugar do esposo, “com o propósito explícito de burlar e descumprir a referida recomendação, dando ares de legalidade no seu cumprimento”, destaca o MP.

Segundo o MP, a conduta do prefeito em exonerar determinado secretário municipal e nomear seu cônjuge já é a segunda manobra política que o órgão tem conhecimento. Além de Vera Lúcia, devem ser exonerados:

Francisco Alves de Sousa, Coordenador de Divisão (cunhado de Vera Lúcia); Cleomilda da Cruz Pinto, Recepcionista (esposa de Francisco Alves);Valquíria Ferreira Gomes, auxiliar de Serviço, (irmã de Vera Lúcia); Francisco Carlos Cavalcante Sousa, Assessor I (sobrinho);Antônio Bruno Carvalho de Sousa, Assessor Especial (sobrinho); Jeane Alves de Sousa, Vigia (primo);
Kamilly Gouveia Sousa, Vigia (filha de Jeane);Maria Ariele Pinto de Sousa, Cuidador (sobrinha).

Conforme o MP, a manutenção política de Vera Lúcia, em cargo ou função de livre provimento, em comissão ou de confiança, ofende aos princípios da legalidade, moralidade, idoneidade, impessoalidade, eficiência e igualdade.

O promotor de justiça Tiago Quintanilha Nogueira solicitou que a gestão municipal comprove, em até 10 dias, o recebimento da recomendação, os atos de exonerações, o nome e a qualificação do novo secretário municipal de Meio Ambiente, com todos os documentos que validem a nomeação, capacidade e exercício do cargo.

MP investiga irregularidades em licitação no Município de São Félix de Balsas

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Márcio Pontes

A Promotoria de Justiça de Loreto instaurou Inquérito Civil para apurar possíveis irregularidades em licitação realizada pela Prefeitura de São Félix de Balsas-MA, administrada pelo prefeito Márcio Pontes.

O alvo da investigação é o pregão presencial n°007/2023, com indícios de prejuízo da probidade administrativa e do patrimônio público.

O promotor de justiça Lindomar Luiz Della Libera solicitou que a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) envie à Promotoria, no prazo de 20 dias, cópias de notas fiscais nas quais a empresa Vita Construções e Representações LTDA figure como destinatária de produtos e serviços.

A referida empresa, inscrita no CNPJ 39.936.450/0001-26, é sediada na Travessa Alexandre Costa, nº52, Centro, São Félix de Balsas.

CADÊ A VERBA?! Estradas e pontes estão abandonadas em Vitorino Freire

Por Luís Pablo Política
 

Alguns motociclistas se aventuram a passar pelo local

Os moradores dos povoados do município de Vitorino Freire -MA, administrado pela prefeita Luanna Rezende, são os que mais sofrem com a falta de compromisso e responsabilidade da gestão municipal.

O vereador Cyreno Rezende denunciou a situação deplorável de duas pontes de madeira e da estrada que liga os povoados Jatobá e Alto Alegre do Norberto.

Veículos não passam pelas pontes. Quem precisa de atendimento médico tem que improvisar para passar pelo local. O parlamentar citou que no período chuvoso a situação fica ainda pior.

Vale lembrar os gastos excessivos com as festividades juninas no Município. A prefeita pagou R$ 30 mil só para uma hora de apresentação de um grupo de boi, além de cachês altos para atrações nacionais.

Cyreno ainda frisou os R$ 720 mil pagos a um médico fantasma do Município, que nunca prestou atendimento na cidade. Com esse valor, destaca o vereador, seria possível arrumar as pontes e as estradas.

“Em pleno mês de junho, até agora, nada foi feito. Dê atenção aos nossos conterrâneos (prefeita). O resultado será nas urnas”, lembrou o vereador.

ABSURDO! Presidente do MAC agride auxiliar técnico do Sampaio

Por Luís Pablo Polícia
 
Carlos Eduardo (MAC) e Gabriel Júnior (Sampaio)

Carlos Eduardo (MAC) e Gabriel Júnior (Sampaio)

Um fato lamentável ocorreu ontem, dia 15, após a vitória do Sampaio Corrêa contra o MAC (Maranhão Atlético Clube) na final do Campeonato Maranhense, no Castelão, em São Luís-MA.

O presidente do MAC, Carlos Eduardo Dias Almeida, agrediu o auxiliar técnico do Sampaio, Gabriel Júnior. Nas imagens, o presidente aparece batendo no rosto do auxiliar.

Gabriel Júnior registrou um Boletim de Ocorrência e fez exame de corpo de delito. Em sua rede social, o auxiliar técnico disse que foi ameaçado de morte.

“Sofri ameaças de morte, sendo chamado de vagabundo, mal caráter e mercenário. Todas as providências serão tomadas”, disse Gabriel.

Screenshot

Screenshot

Agiota Pacovan é executado; veja o vídeo

Por Luís Pablo Política
 

Pacovan

O empresário Josival Cavalcanti da Silva, mais conhecido como Pacovan, foi executado na tarde de hoje (14), no município de Zé Doca.

Dois homens desceram de um veículo preto e efetuaram os disparos. Em seguida, fugiram em direção à cidade de Araguanã.

Pacovan foi atingido com quatro tiros. A pessoa que conversava com ele no momento da ação, também foi atingida na barriga, e foi encaminhado ao hospital, onde passou por uma cirurgia.

Pacovan estava em uma loja de conveniência do posto de combustível Joyce.