Lula se reúne com Waldir e diz que vem ao MA apoiar sua candidatura ao Senado

Por Luís Pablo Política
 
Apoio chancelado: Waldir Maranhão e Lula em recente encontro

Apoio chancelado: Waldir Maranhão e Lula em recente encontro

Foi chancelado o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a candidatura de senador do deputado federal Waldir Maranhão (PP).

Em reunião com Lula (conforme mostra a imagem do encontro), Waldir ouviu do ex-presidente a garantia da sua presença no Estado do Maranhão.

O petista, que vai disputar novamente à Presidência da República em 2018, irá iniciar uma caravana que vai encerrar no Maranhão. Lula vai passar por vários estados.

A presença do ex-presidente no Maranhão vai, sem dúvida, alavancar a candidatura de Waldir ao Senado. O deputado tem se articulado fortemente a nível nacional e estadual, em busca de apoio.

Coluna Destilando Veneno…

 

Quase deu porrada

Victor Mendes e Juscelino Filho

Victor Mendes e Juscelino Filho

A reunião da Bancada Federal do Maranhão, que ocorreu na semana passada em Brasília, terminou numa grande confusão. Os deputados federais Victor Mendes e Juscelino Filho quase vão aos tapas. Foi preciso um deputado que estava entre os dois se meter.

Tudo começou por causa da discussão sobre o saldo de emenda parlamentar da bancada. Alguns deputados questionaram que Juscelino, como coordenador da bancada, só pensou nele e em Weverton Rocha, mas não no coletivo.

Já Victor Mendes ficou revoltado por Juscelino Filho ter destinado recurso para obras de construção da ponte sobre o Rio Pericumã, que foi iniciada pelo governo do Estado.

Como o pai de Victor, ex-prefeito Filuca Mendes perdeu a eleição, o bônus naturalmente vai para o adversário da família, o atual prefeito de Pinheiro-MA, Luciano Genésio, que deve participar da entrega da obra.

Ao questionar a decisão do coordenador da bancada, Victor Mendes chegou a falar em voz alta, foi quando Juscelino se irritou e levantou da cadeira indo na direção de Mendes para brigar. Por pouco os dois não saem no soco.

A confusão foi grande!

‘Malhador focado’

O ex-presidente Lula parece mesmo está focado para as próximas eleições, em 2018. Ele se prepara fisicamente para disputar novamente à Presidência da República.

Em um vídeo distribuído pela sua assessoria, Lula aparece como uma espécie de ‘malhador’. O vídeo vem ganhando grande repercussão e vários compartilhamentos.

Clique e veja:

Insatisfação

É geral a insatisfação da imprensa com o prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando. A reclamação é grande, principalmente nos corredores da Assembleia.

Considerado pelos comunicadores como uma pessoal pública que valoriza o papel da imprensa, hoje LF é visto como alguém que mudou da água para vinho.

Parece não fazer questão da mídia, tanto que até hoje nunca fez nenhuma reunião.

Ninguém entende o porquê!

Só dá ele

Sem dúvida, a empresa Clasi Segurança é a mais privilegiada no governo Flávio Dino. A Clasi fatura alto em várias secretarias do Estado, além de órgãos.

Só na Educação, a empresa de segurança privada já recebeu o montante de R$ 8,5 milhões dos cofres públicos.

Só dá o empresário Pedro Ricardo Aquino da Silva, que é conheicido na classe empresarial como o “protegido” de Márcio Jerry, secretário de Articulação e de Comunicação do Estado.

Falando em Márcio Jerry..

Sem bater boca com ninguém durante a semana – coisa que ele adora, Jerry decidiu se doer pelo deputado estadual Stênio Rezende.

O secretário foi para o Twitter e atacou o deputado Sousa Neto, que calou Stênio na sessão da última quinta-feira (9), por ele querer atribuir o mérito a si próprio sobre a instalação do quartel do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMA) em Santa Inês.

Marcio Jerry disse que Sousa não faz nada e tem raiva de quem faz. Ora, é muito fácil o secretário fala isso, quando o seu governo não paga as emendas parlamentares da oposição.

Sem emenda, como um deputado – além de fazer seu papel de legislador, vai poder ajudar melhor um município?

Vale ressaltar que Sousa Neto já destinou emenda para a cidade de Santa Inês, mas o governador Flávio Dino nunca mandou pagar, por pura perseguição.

Reação

O deputado estadual Sousa Neto reagiu ao ataque ofensivo do secretário Márcio Jerry. Procurado pela Coluna Destilando, o parlamentar disparou:

“O Primeiro Damo está preocupado. Me agredir de nada vai adiantar. Os dias que ainda faltam para o Maranhão se ver livre desse casal nefasto para a nossa gente estão contados. Nunca o Maranhão esteve sob a liderança de gente tão baixa e vil. Meu compromisso é com o meu Estado e com minha querida Santa Inês e terão que me aguentar, gostem ou não”, disse.

Comemoração

O comunista não se aguentou e foi correndo para o Twitter comemorar a condenação da ex-governadora Roseana Sarney.

Flávio fez questão de retuitar a reportagem sobre o bloqueio de bens da ex-governadora e outros envolvidos no chamado “Caso Sefaz”.

Mesmo fora do cenário e sem dizer ainda se vai ou não ser candidata novamente ao governo, Roseana é vista por Flávio e seus aliados como uma ameaça à sua reeleição, tanto que a peemedebista tem sido alvo de uma campanha de ataques ofensivos diariamente.

Querendo ser pai da criança

Agora o deputado estadual Wellington do Curso quer ser ‘pai da criança’ das obras que estão sendo feitas na BR-135. Uma piada.

No site da Assembleia, consta uma matéria da assessoria do deputado em que diz: “Após insistência do deputado Wellington, Dnit realiza obras nos trechos da BR-135”.

É mole?!

Com apoio do governo, Vianey trata saúde em Santa Inês de forma criminosa

Por Luís Pablo Política
 

Vianey, Flávio e Bringel, marido da prefeita

Vianey, Flávio e Bringel, marido da prefeita

A ex-deputada estadual e prefeita de Santa Inês-MA, Vianey Bringel, está completamente perdida.

A gestão de Vianey está péssima. Todos os setores da sua administração estão abandonados.

Mesmo com o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB), a prefeita trata a saúde pública do município de forma criminosa.

E um vídeo encaminhado ao Blog do Luís Pablo é a prova disso. Pacientes mostraram o caos no Hospital Thomaz Martins, que leva o nome do sogro da prefeita.

As imagens são revoltantes. A prefeita parece seguir o mesmo modelo de gestão do seu aliado Flávio Dino.

O caso é de polícia e o Ministério Público precisa tomar as medidas cabíveis. Clique e veja:

Com aproximação da eleição, Roseana começa a ser alvo de constantes ataques

Por Luís Pablo Política
 
A ex-governadora Roseana Sarney

A ex-governadora Roseana Sarney

Os aliados do governo e o próprio governador Flávio Dino comemoraram a decisão que bloqueio os bens da ex-governadora Roseana, como se fosse uma final de copa do mundo.

Nas redes sociais, os governistas trataram logo de compartilhar a condenação de Roseana para repercutir o assunto. No entanto, o caso não ganhou tanta proporção. Isso porque os meios de comunicação que rezam na cartilha do governo não têm tanta repercussão assim.

Com aproximação da eleição, que ocorrerá no próximo ano, a ex-governadora Roseana passou a ser alvo de constantes ataques por parte dos aliados de Flávio.

O secretário de Articulação Polícia e de Comunicação, Márcio Jerry, é um deles. Em seu twitter, Jerry sempre publica todas os assuntos negativos relacionados a Roseana Sarney.

A ordem do Palácio dos Leões é para bater na ex-governadora.

Sem nunca ter dito ainda, se vai ou não entrar numa nova disputa ao Governo do Maranhão, Roseana já incomoda tanto os governistas, imagina só quando for anunciar!?

Sousa Neto cala Stênio Rezende…

Por Luís Pablo Política
 
Sousa Neto e Stênio Rezende

Sousa Neto e Stênio Rezende

O deputado estadual Sousa Neto calou o deputado Stênio Rezende (DEM), durante discurso na sessão plenária da última quinta-feira, dia 9. Sousa rebateu o discurso de Stênio sobre a instalação do quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) em Santa Inês.

Sousa Neto esclareceu que a chegada dos Bombeiros naquele município ocorreu pelos esforços da classe empresarial e da população, e não por investimentos do governo Flávio Dino e nem fruto de emenda parlamentar de Rezende, que quer ser “pai da criança” após cair de paraquedas em Santa Inês.

O parlamentar criticou a postura do deputado Stênio e detonou: “O deputado Stenio é um político oportunista. Porque esse interesse, só agora, por Santa Inês? Por que ele não pensou na cidade antes? Desafio o parlamentar a conhecer, verdadeiramente, a cidade. As obras que existem em Santa Inês, a exemplo do hospital macrorregional, foram feitas ainda pela ex-governadora Roseana e pelo ex-secretário Ricardo Murad, e inaugurado somente agora, depois de muita cobrança minha aqui nesta Casa.”

Clique e veja os discursos de Sousa Neto:

Caso Sefaz: advogado Marcos Lobo se pronuncia sobre decisão da Justiça

Por Luís Pablo Política
 

Advogado Marcos Lobo

Advogado Marcos Lobo

O advogado Marcos Lobo se pronunciou sobre a decisão de Justiça, que determinou o sequestro de todos os seus bens e bloqueio das suas contas bancárias.

Além Lobo, também foram alvos da decisão a ex-governadora Roseana, o ex-secretário Cláudio Trinchão, Akio Valente Wakiayama, Raimundo José Rodrigues do Nascimento, Edmilson Santos Ahid Neto, Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior, Euda Maria Lacerda, Ricardo Gama Pestana e Helena Maria Cavalcanti Haickel.

A decisão foi da juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal, que acatou o pedido do promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos, da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da ordem Tributária e Econômica de São Luís-MA.

Em seu site, intitulado como “Por Mim”, o advogado diz que tem “combatido faz tempo o processo penal do espetáculo.” Disse ainda que o Caso Sefaz-MA faz parte de “interesses político-eleitorais do atual governador do Maranhão que recebeu cópia da decisão” da magistrada.

Marcos Lobo classificou a decisão como uma “jogada” e disparou: “É lógico que o objetivo pretendido é constranger e intimidar os acusados, o que nem sempre ocorre, como no meu caso, até porque é certeza absoluta que não há motivos para temer a estapafúrdia acusação.”

Leia abaixo a íntegra do texto do advogado:

Eu e o processo penal do espetáculo. Performance vergonhosa de uma democracia

Tenho combatido faz tempo o processo penal do espetáculo. E tenho feito isso porque sei bem das consequências para uma democracia para os acusados.

Também tenho dito que todos deveriam repudiar tal prática, pois os aspectos nefastos do processo penal do espetáculo poderão um dia bater na porta da plateia que aplaude tal prática.

E eis que eu mesmo, com espanto, vejo-me diante de um verdadeiro caso de processo penal do espetáculo: vários meios de comunicação a propalar que o juízo da 8. Vara Criminal determinou o sequestro de todos os meus bens.

O espanto se justifica porque não tenho conhecimento da existência de processo contra mim que tenha essa finalidade. Portanto, se existe, deve ser processo que tramita em segredo de justiça e, porque sequer os acusados têm conhecimento, óbvio que somente a juíza e o promotor têm conhecimento do processo e da decisão.

Como uma decisão dessa surge nos meios de comunicação e por quê?

Respondo, para o caso concreto, que o por quê se encontra nos interesses político-eleitorais do atual governador do Maranhão que recebeu cópia da decisão.

A decisão chegou aos meios de comunicação porque o atual governador do Maranhão repassou a decisão para os jornalistas que participam do enlace político-administrativo-eleitoral dos que atualmente ocupam o governo do Estado do Maranhão.

O vazamento de decisão de processo em segredo de justiça será investigado? Duvido.

Não duvidem que antes que os acusados sejam citados no processo outros detalhes sobre o processo e da decisão serão publicados, ineditamente, ou “exclusivamente”, pelos jornalistas que mantém essas “estreitas” relações com o maior interessado na decisão, o atual governador do Estado.

O que me deixa (ainda) estupefato é o Poder Judiciário se submeter a esse tipo de “jogada”, pois é chamado para decidir em segredo de justiça o que será, num ato vil e furtivo de quebra de confiança, jogado ao vento logo que o pedido for atendido.

É lógico que o objetivo pretendido é constranger e intimidar os acusados, o que nem sempre ocorre, como no meu caso, até porque é certeza absoluta que não há motivos para temer a estapafúrdia acusação. Mas o ato é mais grave, porque atinge terceiros que não são acusados (familiares, amigos etc.) e, sobremaneira, aquilo que é mais precioso num estado civilizado: o cumprimento das regras do jogo, o respeito à Constituição, aos tratados e declarações de direitos.

Lastimável que o Poder Judiciário, constitucionalmente vocacionado para a proteção dos direitos e garantias fundamentais, seja usado como mero intermediário na realização de objetivos político-eleitorais. Cobra-se, portanto, que a juíza que preside o processo ponha cobro a essa prática, até porque quem passou a cópia da decisão para o governador não foi a juíza.

Com efeito, é preciso que o Poder Judiciário ponha ordem a si mesmo, sob pena de perder credibilidade e se tornar apenas um braço de artimanhas como a produzida no caso aqui tratado. A forma de por cobro a isso é simplesmente dar publicidade ampla e irrestrita ao processo, pois assim todo o povo dele terá conhecimento e acesso a todas as informações, e não apenas às partes que interessa ao privilegiado (governador do Estado) que detém uma cópia da decisão.

Ponha-se democracia no processo (legalidade, legitimidade, transparência, isonomia, impessoalidade etc.). Escorraçai os sujeitos que desavergonhadamente querem manipular o Poder Judiciário.

Abstraída a questão legal, sinto compaixão pela pessoa que se presta ao vil e servil papel de mero “avião” dos eventuais infortúnios dos acusados para levá-los ao governador do Estado.

Da minha parte, no momento nada tenho a declarar sobre o caso porque absolutamente ignoro o que há no processo. Depois que tiver conhecimento do processo, já pelas publicações promovidas pelo governador, já por meio do Poder Judiciário, quem chegar primeiro, irei apresentar, nos autos do processo e aqui, a minha manifestação.

Quiçá os acusados não serão presenteados com a decisão na capa de um jornal?

Até lá o “dono” da decisão do processo continuará a usá-lo como lhe convém e os acusados relegados a ser apenas objetos do processo.

Eis a performance da maior vergonhosa de uma democracia.

Demandas de Fábio Braga são atendidas pelo governo Flávio Dino

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Fábio Braga

Deputado Fábio Braga

O deputado estadual Fábio Braga tem trabalhando intensamente em busca de solucionar os problemas de suas bases eleitorais.

O governo Flávio Dino tem atendido às reivindicações do parlamentar, que sempre coloca em pauta as discussões de suas demandas.

Em todas as caminhadas pelo interior do Estado, Fábio Braga tem defendido o nome do governo e garantido que Flávio Dino vem se empenhando em levar as ações governamentais para as cidades maranhenses.

Braga tem também se alinhando com o secretário de Articulação Política e de Comunicação, Márcio Jerry, que tem atendido suas cobranças.

Flávio Dino já começa demonstrar quem será seu candidato ao Senado

Por Luís Pablo Política
 
Governador Flávio Dino e o deputado federal Waldir Maranhão cada vez mais alinhados

Governador Flávio Dino e o deputado federal Waldir Maranhão cada vez mais alinhados

O deputado federal Waldir Maranhão é o único candidato ano Senado que tem acompanhado o governador Flávio Dino em todas suas ações governamentais.

Ontem, 10, Waldir esteve com Flávio na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), na aula inauguração do Curso de Direito, que foi criado pelo deputado quando foi reitor da UEMA.

A presença de Maranhão com Dino em vários eventos do governo, é a demonstração de quem será de fato o candidato a senador do Palácio dos Leões.

E a imagem acima – Flávio Dino e Waldir Maranhão abraçados, fala por si só.

Prefeitura de Buritirana vai gastar R$ 2,1 milhões com combustíveis e lubricantes

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Vagtonio Brandão

Reeleito para comandar Buritirana por mais quatro anos, o prefeito Vagtonio Brandão, já começou o novo mandato realizando gastos milionários para os cofres da cidade.

Segundo publicação do Diário Oficial da última terça-feira (07), a prefeitura irá desembolsar R$ 2.161.620,00 (dois milhões, cento e sessenta e um mil e seiscentos e vinte reais) para aquisição de combustíveis e lubrificantes para manutenção de carros do município.

O valor foi dividido em quatro lotes, sendo dois vencidos pela empresa Auto posto Buritirana e dois pela empresa M.G.DA SILVA NETO & CIA. LTDA. A última foi quem faturou a maior fatia e embolsará pouco mais de R$ 1,5 milhão dos cofres públicos.

As Secretaria de Promoção Social e Cidadania, Saúde, Educação e Administração são as beneficiadas pelos contratos, que são válidos até 31 de dezembro.

Veja detalhes dos contratos abaixo:

Prefeitura de Pedreiras terá que nomear aprovados em concurso

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Pedreiras,  Antônio França

Prefeito de Pedreiras, Antônio França

Uma decisão proferida pelo juiz Marco Adriano Ramos Fonseca, titular da 1a Vara da Comarca de Pedreiras, determina que o Município proceda à nomeação dos aprovados para os últimos cargos vagos do concurso realizado em 2012 para a Prefeitura de Pedreiras. O concurso, realizado para o provimento de vários cargos, ofereceu 246 vagas e o Judiciário já havia proferido uma sentença que tornou nulo um decreto municipal, datado de janeiro de 2013, que determinou a suspensão de todos os atos referentes ao andamento do concurso.

A sentença, anexada aos autos e que foi concedida com antecipação de tutela (ato do juiz, por meio de decisão interlocutória, que adianta ao postulante, total ou parcialmente, os efeitos do julgamento de mérito, quer em primeira instância, quer em sede de recurso), determinou que o Município de Pedreiras publicasse um edital de convocação de todos os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas estabelecidas no edital que ainda não tenha sido nomeados e empossados, obedecendo a estrita ordem de classificação constante do resultado final divulgado por meio de edital, que homologou o certame. A exceção foi para o cargo de Controlador, que encontra-se sub judice.

Deveria o Município, ainda, apresentar o Edital de Convocação nos presentes autos em igual prazo, e devendo expandir as portarias de nomeação e dar posse aos referidos candidatos no prazo máximo de 30 (trinta) dias após a publicação do edital acima mencionado. O Município ficou obrigado a apresentar a relação completa dos candidatos convocados ou nomeados durante o prazo de validade do concurso que não assumiram o exercício de suas funções, quer por desistência formal do candidato a investidura no cargo, ausência de comprovação da escolaridade ou outros requisitos do cargo, decurso do prazo para posse e exercício quer por reprovação nos exames admissionais.

Sobre essas determinações, o juiz fixou multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em caso de descumprimento injustificado pelo requerido de qualquer uma das cominações mencionadas, podendo ser exigido da própria pessoa do Prefeito de Pedreiras, passível de bloqueio via Bacen-Jud ou diretamente em sua conta bancária pessoal, sem prejuízo da configuração de crime de responsabilidade por parte do gestor municipal e ato de improbidade administrativa. Determinou, também, que o Município procedesse à exoneração de todos os servidores contratados temporariamente em desacordo ou fora das hipóteses expressamente previstas no inciso IX do art. 37 da Constituição da República. Essa sentença transitou em julgado.