“A nossa tarefa não é pequena”, diz Flávio Dino em discurso de filiação ao PSB

Por Luís Pablo Política
 
Governador do Maranhão, Flávio Dino, em discurso de filiação ao PSB

Governador do Maranhão, Flávio Dino, em discurso de filiação ao PSB

Nesta terça, dia 22, o governador Flávio Dino oficializou sua filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). A cerimônia ocorreu em Brasília (DF).

Em discurso, o governador do Maranhão falou em convergência de todos os partidos a favor da democracia e de um projeto de governo contra o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Minha vinda para o PSB é um encontro com este momento atual em que autenticamente se exige tanto da militância patriótica e socialista do Brasil (…) a nossa tarefa não é pequena, por mais absurdo que seja, o Bolsonaro será candidato a reeleição. Por sobre uma pilha de tragédias, nada de positivo a apresentar e obras não há. Derrota-lo não é tarefa de poucos, não é tarefa de muitos, é de todos”, afirmou.

Participaram do ato o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão; o senador do Maranhão, Weverton Rocha (PDT-MA); deputado federal, Bira do Pindaré (PSB-MA); deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ); o governador do Espirito Santo, Renato Casagrande; o governador de Pernambuco, Paulo Câmara; o prefeito de Recife, João Campos.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou que a vinda de Flávio Dino para o partido significa um reforço em defesa da luta da democracia.

“Um reforço extraordinário nessa luta democrática que empreendemos junto aos partidos de oposição, de esquerda, e com todos os partidos democráticos do nosso país”, disse.

Professores querem Felipe Camarão como candidato ao Governo do Maranhão

Por Luís Pablo Política
 
Secretário Felipe Camarão

Secretário Felipe Camarão

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, tem sido bastante cotado para disputar eleição majoritária no próximo ano.

Felipe é candidato a deputado federal, mas vem sendo cogitado outras duas possibilidades: a primeira para ser companheiro de chapa do vice-governador Carlos Brandão. A segunda para ser o próprio candidato ao governo.

E não é só uma ala do governo que quer Camarão na disputa ao cargo de governador do Maranhão, professores também da rede pública estadual defende o nome do secretário.

Prova disso foi a iniciativa do professor Wilson Chagas, que criou uma espécie de abaixo-assinado para colher assinaturas no sentido de lançar a candidatura de Felipe Camarão como candidato ao governo.

O professor disse o bom trabalho de Camarão na Educação do Maranhão poderia ser ainda melhor, caso fosse o novo governador do Estado (clique e veja abaixo-assinado).

Deputado Marreca participa de entrega de cestas básicas para Ribamar

Por Luís Pablo Política
 

O deputado federal Marreca Filho participou na segunda-feira (21), da entrega de 6.803 cestas básicas do Programa Comida na Mesa para o município de São José de Ribamar, ao lado do Governador Flávio Dino, do vice-prefeito Júnior Lago e da primeira-dama, Dra. Gilvana. Já são mais de 500 mil famílias beneficiadas em todo o Maranhão.

“Quero parabenizar a todos os envolvidos, pois sabemos da importância desse programa em todo o estado, principalmente, nesse momento crítico de crise sanitária em que estamos vivendo”, destacou Marreca.

A distribuição das cestas visa garantir a segurança alimentar da população do município, minimizando os efeitos da pandemia, além de promover a produção da agricultura familiar, movimentando a economia da região.

Prefeituras de Bacurituba e Bom Jesus das Selvas são alvos de operação da PF

Por Luís Pablo Polícia / Política
 

Nesta manhã, dia 22, a Polícia Federal deflagrou nas cidades de São Luís-MA, Bacurituba-MA e Bom Jesus das Selvas-MA, a Operação Inter Pares, com a finalidade de desarticular grupo criminoso estruturado para promover fraudes licitatórias e irregularidades contratuais no âmbito dos municípios de Bacurituba e Bom Jesus das Selvas, envolvendo verbas federais que seriam utilizadas no combate à pandemia Covid-19.

Foi constatada, inicialmente, a falta de capacidade econômica da empresa investigada, restando demonstrado que o custo dos produtos vendidos é incompatível com a receita auferida nos 12 meses anteriores ao período de monitoramento.

A PF verificou que enquanto a empresa adquiriu apenas R$ 33.356,25 dos itens de contratos públicos no período investigado, vendeu mais de meio milhão de reais para os municípios de Bom Jesus das Selvas e Bacurituba.

Também revelou-se que o principal investigado utilizava “laranjas” para figurarem como proprietários da empresa que supostamente fornecia os produtos, sendo que, simultaneamente, concorria nessas licitações assinando propostas em nome de outra empresa.

Em razão disso, os federais cumpriram 6 (seis) Mandados de Busca e Apreensão e 05 (cinco) Mandados de Constrição Patrimonial.

Ao todo 30 (trinta) policiais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela 1a Vara Federal de São Luís/MA, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 90, Lei 8.666/93), simulação de compra e venda (Art. 96, V, Lei 8.666/93), lavagem de capitais (Art. 1o, caput, Lei 9.613/84) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal). Somadas, as penas podem chegar a 23 anos de prisão.

A denominação “Inter Pares”, que significa “Entre Iguais”, faz referência ao modus operandi adotado pelo esquema criminoso em que o principal investigado fazia propostas com maior preço por meio de sua empresa oficial, com o fim de que uma outra empresa, também controlada por ele, se consagrasse vencedora da licitações.

Em nota ao site, Equatorial diz que vai recorrer da decisão que proíbe corte de energia da fazenda do ex-deputado Stênio

Por Luís Pablo Política
 
Ex-deputado Stênio Rezende

Ex-deputado Stênio Rezende

A empresa Equatorial Maranhão encaminhou nota de esclarecimento ao site do Luís Pablo sobre a reportagem intitulada como: “DÉBITO! Justiça proíbe corte de energia da fazenda do ex-deputado Stênio”.

A reportagem publicada no site do Atual7 e reproduzida por esta página, noticiou uma decisão judicial que proibiu a Equatorial de cortar a energia elétrica de uma fazenda de ex-deputado, localizada no município de Santa Luzia do Tide-MA.

Em resposta, a empresa de energia disse que tomou ciência da decisão e que irá tomar todas as medidas para recorrer até às instâncias superiores da justiça.

ABAIXO A NOTA NA ÍNTEGRA:

A Equatorial Maranhão informa que já tomou ciência da situação e que respeita os provimentos judiciais. No entanto, é importante esclarecer que o recurso às instâncias superiores da justiça é direito constitucionalmente assegurado a todo cidadão, órgão público ou privado e que, portanto, adotará as medidas cabíveis para a proteção de suas prerrogativas legais.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Em 17h ininterruptas de ação o Arraial da Vacinação imunizou 4545 pessoas contra a Covid-19 na cidade de Pinheiro

Por Luís Pablo Política
 

A princípio a idade dos imunizados seria a partir de 30 anos, mas um pouco depois do meio-dia o prefeito Luciano após ponderar com a equipe de saúde local decidiu reduzir ainda mais a idade desse público-alvo, que passou a ser de 25 anos ou mais. O Arraial da Vacinação aconteceu no domingo, dia 20 de junho, na Escola Dr. Pedro Lobato, onde funciona o Centro de Vacinação da Cidade, das 7h da manhã até a meia noite.

A ação realizada pela Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Governo do Estado teve por objetivo acelerar a Campanha de Vacinação da cidade, promovendo o aumento no número de imunizados. O resultado foi melhor do que o esperado.

“Recebemos milhares de pinheirenses que vieram até aqui se imunizar, esta é uma ação muito bonita. As pessoas realmente compreendem que a melhor arma contra a pandemia é a prevenção, com os números de hoje estamos ainda mais perto de nosso objetivo que é vacinar toda a população adulta de Pinheiro”, disse Fred Lobato, secretário de Saúde do município.

Foram aplicadas um total de 4545 doses do imunizante contra a covid-19. O prefeito Luciano esteve no evento acompanhado do Presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, da vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato, do ex-deputado José Genésio, de secretários de seu governo, vereadores e lideranças políticas, todos prestigiaram a ação pela sua importância para o município.

Luciano aproveitou a ocasião para tomar a primeira dose do imunizante contra a covid-19. Com 40 anos ele deveria ter se vacinado na semana passada, quando a etapa de vacinação do município chegou a sua faixa etária, mas como precisou viajar para Brasília adiou a ocasião e resolveu aproveitar o arraial para incentivar mais pinheirenses a fazer o mesmo.

“Enfim, também pude tomar a minha dose de esperança. Acredito que este foi o melhor momento para fazer a minha imunização, como uma forma de incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo. Uma ação gigantesca como esta é motivo de muita alegria, estou muito feliz em ver que tantas pessoas estão comparecendo e tomando a sua dose. Agradeço ao Governador Flávio Dino pelo apoio e ao Deputado Othelino Neto pela articulação. Milhares de pinheirenses se vacinaram hoje sem dúvida nenhuma muitas vidas foram salvas neste domingo”, disse Luciano.

Durante todo o evento houveram apresentações de danças folclóricas e ofertas de serviços no local como os de assistência social. Carros e pessoas formaram filas enormes em busca de sua imunização e todos que compareceram receberam a sua dose.

Em Dom Pedro-MA, prefeito firma vários contratos com empresa de irmã de vereador por dispensa de licitação

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Galego Mota e o seu vereador Ronaldo Amâncio

Prefeito Galego Mota e o seu vereador Ronaldo Amâncio

A Prefeitura de Dom Pedro-MA realizou diversos contratos por dispensa de licitação que deixou sob suspeita a administração do prefeito Ailton Mota dos Santos, mais conhecido como Galego Mota (SOLIDARIEDADE).

Foram realizados contratações diretas por meio das Secretarias Municipais de Saúde e de Educação com a empresa Rammyres de Sousa Andrelino, cujo nome fantasia é R1 Estética Automotiva.

No extrato do contrato consta que a empresa irá prestar serviço de lavagem nos veículos das secretarias, com prazo de vigência até o final do ano.

O site do Luís Pablo apurou que a dona da empresa é irmã do vereador Ronaldo Amâncio, que faz parte da base aliado do prefeito na Câmara.

O curioso é que a empresa foi criada no dia 1 de fevereiro deste ano, justamente no ano em que Galego Mota assumiu o mandato.

O Ministério Público precisa investigar se houve favorecimento do prefeito com a irmã do seu aliado político e se a contratação será realmente para lavar carros e não dinheiro público.

Fernando Pessoa desafia as autoridades e faz do imóvel da família um centro administrativo da Prefeitura de Tuntum

Por Luís Pablo Política
 
Hotel da família do prefeito Fernando Pessoa vira um centro administrativa da Prefeitura de Tuntum

Hotel da família do prefeito Fernando Pessoa vira um centro administrativa da Prefeitura de Tuntum

O município de Tuntum, interior do Estado do Maranhão, parece que se tornou uma terra sem lei. Isso porque o prefeito Fernando Pessoa vem administrando a cidade como se não existe nenhuma autoridade para barrar as suas improbidades administrativas.

Desde quando assumiu o comando do município em janeiro desse ano, Fernando vem ocultando dados da sua administração no Portal da Transparência. Em razão disso, o promotor Wlademir Soares resolveu converter a notícia fato nº 000321-057/2021 em Inquérito Civil para apurar possível falta de transparência da prefeitura em seu site.

O prefeito tem seus motivos em esconder dados da sua administração. Um deles foi ter feito no anexo do hotel da família um centro administrativo da Prefeitura de Tuntum, que fica no antigo restaurante MG (Miguel e Gracinha – pais de Fernando Pessoa).

Como pode um prefeito usar dinheiro público para pagar aluguel de um ponto que pertence ao seu pai? É preciso que o Ministério Público tome as medidas cabíveis a esse ato ilegal e imoral.

Marreca Filho participa do lançamento do Auxilio Cidadão em Ribamar

Por Luís Pablo Política
 
Deputado federal Marreca Filho, Dr. Julinho e Júnior Lago

Deputado federal Marreca Filho, Dr. Julinho e Júnior Lago

O deputado federal Marreca Filho participou do lançamento do Auxilio Cidadão em São José de Ribamar-MA, que ocorreu na manhã de ontem (18) na na Biblioteca Pública Municipal, localizada ao lado do prédio da prefeitura.

Marreca tem apoiado a gestão do prefeito Dr. Julinho para o desenvolvimento da cidade. Além do deputado, participaram do evento os vereadores da cidade, representantes do Ministério Público, a secretária municipal de Assistência Social e primeira dama Gilvana Duailibe e toda sua equipe.

O auxílio tem como objetivo amenizar a difícil situação que muitos enfrentam na pandemia, incialmente serão R$ 120 mensalmente para 4.829 famílias.

Segundo o prefeito, o intuito é beneficiar 10 mil famílias e prorrogar para um total de 6 meses e logo será realizada uma nova consulta ao CadÚnico Nacional para incluir e contemplar novos grupos possibilitando ao povo ribamarense enfrentar de forma mais digna a crise sanitária atual.

Secretário Carlos Lula quer obrigar Pedro Fernandes a devolver recurso da gestão passada da Prefeitura de Arame

Por Luís Pablo Política
 
Secretário de Saúde do MA, advogado Carlos Lula

Secretário de Saúde do MA, advogado Carlos Lula

O secretário de Estado da Saúde, advogado Carlos Lula, exige que o prefeito Pedro Fernandes faça a devolução de recurso da gestão de João Menezes de Sousa, ex-prefeito do município de Arame-MA.

Em documentação enviada à prefeitura, a Secretaria de Saúde do Estado (SES-MA) diz para devolver R$ 469.576,80 de parte do convênio celebrado entre o município e o governo, na época comandado pela governadora Roseana Sarney.

E no documento ainda diz que em valores corrigidos o município de Arame terá que devolver R$ 1,762.228,21 (um milhão, setecentos e sessenta e dois mil, duzentos e vinte e oito reais e vinte e um centavos).

A documentação é assinada por Aline Ribeiro Duailibe Barros, secretária adjunta de Finanças da SES-MA.

Pedro Fernandes está sendo obrigado a devolver um recurso que foi de responsabilidade de um outro gestor. A Secretaria de Saúde ainda ameaça o atual prefeito, dizendo que se não devolver irá resultar numa “representação à Procuradoria Geral do Estado para fins de ajuizamento de ação”.

Absurdo!