PF pode identificar autores de onda de ataques contra juíza Anelise Reginato

Por Luís Pablo Política
 

O senador Roberto Rocha (PSDB) enviou ofício ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo que seja garantida a independência necessária à juíza Anelise Nogueira Reginato. Rocha se mostrou preocupado com a onda de ataques contra a magistrada após sua decisão no processo quer tornou o governador Flávio Dino inelegível.

No documento o senador também solicita que a Polícia Federal abra inquérito e identifique os autores da ofensiva difamatória sofrida por Anelise.

O ofício foi enviado ontem (13) e tem como destinatária a ministra Cármen Lúcia. Roberto Rocha afirma na peça que Anelise Nogueira é alvo de acusações e ataques pessoais infundados e proferidos, de forma anônima e identificada, em redes sociais e meios de comunicação. E recorreu auxílio ao CNJ para garantir a integridade pessoal e profissional da juíza.

Anelise Nogueira ganhou notoriedade nacional após condenar o governador do Maranhão, Flávio Dino, em processo motivado por abuso de poder econômico nas eleições de 2016. O réu recebeu multa e teve sua inelegibilidade declarada por oito anos.

“Se qualquer jurisdicionado não está satisfeito com uma eventual decisão judicial que lhe foi desfavorável, tem todo o direito de recorrer e não de tentar desqualificar uma autoridade do Poder Judiciário”, disse Roberto Rocha.

(Com informações do Imirante)

BOMBA, BOMBA E BOMBA!!!! Jornalista Luís Pablo e um secretário de Estado na mira da quadrilha que clona celular

Por Luís Pablo Política
 

O jornalista Luís Pablo, editor-chefe do Blog do Luís Pablo, e o secretário estadual de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, estão na mira da quadrilha que clona celular.

O Blog teve acesso uma conversa de WhatsApp entre membros da quadrilha. Na conversa, uma pessoa com o número identificado como (98) 8753-2478 envia os contatos do jornalista e do secretário para clonar.

Na conversa, o suspeito revela que quer “fazer dinheiro”. O objeto é clonar o número telefônico para pedir dinheiro em nome da pessoa.

De posse dos chips clonados, os golpistas usam o aplicativo WhatsApp para trocar mensagens com os amigos das vítimas que aparecem na agenda telefônica e, se passando pelo dono do número clonado, pedem dinheiro.

No mês passado a Polícia Civil e a Polícia Federal prenderam o líder da quadrilha e os outros membros envolvidos no crime. A investigação começou depois que celulares de 5 ministros foram clonados. No Maranhão vários políticos foram vítimas.

O jornalista Luís Pablo já entrou em contato com o delegado do departamento de Crimes Tecnológicos da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Odilardo Muniz.

Presidente do TRE também em silêncio sobre o caso da juíza Anelise Reginato

Por Luís Pablo Política
 
Presidente do TRE-MA, Ricardo Duailibe

Presidente do TRE-MA, Ricardo Duailibe

Não é só o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, que está em silêncio sobre o caso da juíza Anelise Nogueira Reginato, alvo de constantes ataques do governador Flávio Dino e seus aliado nas redes sociais.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), desembargador Ricardo Duailibe, também se silenciou. Duailibe deveria ter sido o primeiro a se posicionar pelo fato da magistrada ter dado uma decisão em matéria eleitoral.

O silêncio dos dois desembargadores demonstra uma omissão. Nos corredores do judiciário o comentário é grande sobre o comportamento de ambos.

A juíza Anelise Reginato vem sendo duramente atacada por governistas desde quando determinou inelegibilidade por 8 anos do governador Flávio Dino e do ex-secretário Márcio Jerry. Na sentença, a magistrada disse que Flávio e seus secretários usaram programa do governo para beneficiar um aliado político nas eleições de 2016. Veja a decisão aqui.

CNJ aplica censura a juiz por abuso de poder em aeroporto de Imperatriz

Por Luís Pablo Judiciário
 
Juiz Marcelo Testa Baldochi

Juiz Marcelo Testa Baldochi

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (14) aplicar pena de censura ao juiz do Maranhão Marcelo Testa Baldochi, que deu voz de prisão a funcionários de uma companhia aérea depois de chegar atrasado e perder um voo com check-in encerrado. O caso ocorreu em dezembro de 2014 (relembre aqui).

Em 2016, o CNJ abriu três processos administrativos contra o juiz e determinou seu afastamento do Tribunal de Justiça do Maranhão por comportamento arbitrário e abuso de poder.

O conselheiro Arnaldo Hossepian afirmou que o juiz merece punição disciplinar, uma vez que a conduta “revela prática de procedimento incorreto, indicando comportamento repreensível”. O voto foi seguido pelos demais conselheiros.

“Houve o uso do cargo público para buscar reparação em algo que ele se sentiu insultado, mas não seria por esse exercício arbitrário o modo correto”, disse o conselheiro Luciano Frota.

A pena de censura impede que o magistrado entre na lista de promoção de merecimento por um ano.

Voz de prisão

Baldochi teria chegado no aeroporto de Imperatriz, no Maranhão, em dezembro de 2014, após o encerramento do check-in e com o processo de decolagem já iniciado. Irritado por não conseguir embarcar, determinou a prisão em flagrante de dois funcionários da companhia aérea Latam, que foram conduzidos à delegacia por policiais militares.

Ao propor a abertura do processo, a então corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, considerou que os indícios caracterizam abuso de autoridade pela utilização do cargo para violar o direito à liberdade dos funcionários da companhia aérea, submetendo-os a constrangimentos e a situações vexatórias.

Em outro processo no CNJ, Baldochi é suspeito de apropriação indébita de um lote de cabeças de gado com valor estimado em R$ 84 mil. O magistrado teria dado voz de prisão um homem que transportava o gado para a revenda na cidade de Pinheiro, alegando que o gado seria de sua propriedade, e teria levado os bois para abate.

Outra suspeita é de que ele tenha determinado arbitrariamente a prisão de um tabelião de Imperatriz por suposto descumprimento de ordem judicial.

DENÚNCIA! UFMA se recusa a oferecer vagas para o curso de medicina

Por Luís Pablo Política
 

A equipe de reportagem do Blog do Luís Pablo recebeu uma denúncia sobre o curso de medica da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em relação as vagas ociosas.

Vários estudantes reivindicam o porquê da UFMA não ofertar vagas no curso de maior concorrência na instituição. O Blog publica abaixo a íntegra do texto-denúncia.

Leia abaixo:

Estranhamente, enquanto o Brasil possui metade do número de médicos que efetivamente precisa, enquanto o país importa profissionais cubanos, a Universidade Federal do Maranhão – UFMA parece ir na contramão dos interesses sociais ao simplesmente não ofertar vagas ociosas no curso de maior concorrência na instituição.

Neste ano, a Universidade lançou mais um edital oferecendo vagas ociosas com exceção do curso de medicina, mais uma vez. Muito embora a resolução de numero 1.175 do CONSEPE determine a obrigatoriedade da disponibilização dessas vagas. Contudo, ao pesquisar a disponibilidade em cada campus, observa-se turmas parcialmente preenchidas devido à alta evasão no curso de pinheiro, assim como no campus de imperatriz e São Luís.

O que mais nos impressiona é que, ao pesquisar a disponibilidade de vagas nas turmas de cada campus, observa-se turmas parcialmente preenchidas devido aos altos índices de evasão que vem assolando a instituição nos últimos semestres.

Diante de tais injustiças, centenas de estudantes se uniram e realizaram uma série de denúncias ao MPF, obtendo como resposta o ARQUIVAMENTO DO CASO, devido à “incapacidade, por parte da UFMA, de comportar os alunos”. Dessa forma, inúmeras indagações são fomentadas:

Se a Universidade não tem como receber os discentes, por qual motivo ocorreu a chamada regular do sisu em 2018? O que tal órgão está fazendo com o dinheiro dos “alunos fantasmas”, já que a verba do MEC vem todo semestre justamente para dar o aparato necessário às turmas?

A partir dos argumentos supracitados, a sociedade precisa de uma resposta plausível e o MPF tem que se posicionar de forma firme para que o manto da injustiça não prevaleça mais uma vez nas condutas obscuras da Reitoria da UFma . Isso é o que todos nós esperamos!

Lutemos em prol do sonho de estudantes maranhenses que vencem diariamente as mazelas humanas do seu Estado. Lutemos para que a própria educação não tire dos jovens a oportunidade de estudar.

Consulta de Turmas Imperatriz

Consulta de Turmas Pinheiro

Consulta de Turmas São Luís

Toca Serra recebe apoio de pastores da área do Itaqui-Bacanga

Por Luís Pablo Política
 

O pré-candidato a deputado estadual Toca Serra (PEN) tem fortalecido sua pré-campanha cada vez mais com a adesão de importantes apoios de diversos seguimentos.

Ontem à noite, o pré-candidato se reuniu com os membros do Instituto de Pastores e Obreiros Esperança Cultural do Maranhão (IPOECMA). Os líderes religiosos abraçaram a pré-candidatura de Toca Serra.

“Buscai em primeiro lugar a direção de Deus e sua Justiça. E graças a ele que estamos fazendo uma campanha limpa e recebendo o carinho da população e dos líderes religiosos”, disse o pré-candidato.

Toca Serra esteve na Igreja Batista Apascentar do Anjo da Guarda, na área Itaqui-Bacanga, acompanhado do suplente de vereador Junior Nazaré e das lideranças Sidney (Região da Santa Clara e da Cidade Operária), Alan Kardec (Liberdade) e Wiliam Menezes, da Cohama.

Zé Gentil consolida apoio de lideranças em Timon para sua pré-candidatura

Por Luís Pablo Política
 

O ex-deputado Zé Gentil (PRB) é um forte candidato à Assembleia Legislativa. Ele vem fortalecendo sua pré-candidatura com a declaração de apoio de diversas lideranças.

No último sábado, dia 11, Zé Gentil se reuniu com lideranças do município de Timon-MA e centenas de militantes. O encontro foi organizado pelo ex-vereador Thales Waquim e vários suplentes de vereador, entre eles Pedro Augusto.

“Temos percorrido o nosso Estado, abraçando os nossos irmãos maranhenses. Em cada visita percebemos a necessidade da nossa gente e a vontade de trabalhar por ela aumenta ainda mais”, disse o ex-deputado.

Pai de Fábio Gentil, prefeito da cidade de Caxias-MA, o pré-candidato Zé Gentil agradeceu pelo apoio das lideranças timonense e garantiu seu compromisso com a cidade.

O silêncio do presidente do TJ-MA sobre os ataques de políticos a uma magistrada

 
Presidente do TJ-MA, desembargador José Joaqui,

Presidente do TJ-MA, desembargador José Joaqui,

O desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos disse, logo após ser eleito presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), que sem os juízes de 1º grau o tribunal não funciona.

“Nós temos que dar ainda, imprimir melhores condições aos colegas, os juízes de 1º grau, porque é o alicerce. Sem os colegas o Tribunal de Justiça não funciona”, falou o desembargador em entrevista à imprensa.

A declaração de José Joaquim parece que não serviu para a juíza Anelise Nogueira Reginato, da Comarca de Coroatá-MA. A magistrada tem sido alvo de constantes ataques por governistas depois que tornou o governador Flávio Dino e seu ex-secretário Márcio Jerry inelegíveis (veja a decisão aqui).

O próprio governador tem atacado, publicamente, a juíza em suas redes sociais. E o presidente do Tribunal do Justiça tem ficado em silêncio e só olhando uma magistrada sendo massacrada por políticos.

É lamentável!

Clique e veja a declaração do desembargador José Joaquim:

Fábio Braga atrai multidão em lançamento de pré-candidatura

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Fábio Braga (SD) atraiu uma multidão, na noite do último sábado (11), na cidade de Coroatá, para o lançamento oficial de sua pré-candidatura à reeleição.

Acompanhado do vereador Macilio Gonçalves (PCdoB), do ex-vereador Jocimar, dos empresários Neto do 1,25, Ronaldo do Bradesco, suplente de vereador Saddan, do blogueiro Páblo Lima e demais lideranças, Braga foi recepcionado de forma calorosa pela população que lotou o espaço Guanabara, localizado no centro da cidade.

Em seu discurso, o parlamentar falou das amizades que construiu no município e das melhorias que cobrou da tribuna da Assembleia para Coroatá.

“Aqui em Coroatá fiz amigos, companheiros de caminhada e há três anos estou sempre presente pelas ruas da cidade, conversando com as pessoas, as conhecendo e falando de nossas propostas. Também levei Coroatá para a tribuna da Assembleia Legislativa pedindo o governo melhorias para o município”, disse Fábio.

O ato político também contou com a participação do prefeito de Peritoró-MA, Padre Josias, e dos vereadores Aragão, Constantino e Adriano Macedo.

Lago da Pedra abraça candidatura do deputado Fábio Macedo

Por Luís Pablo Política
 

Uma multidão tomou conta das ruas de Lago da Pedra no último sábado(11), para prestigiar o evento de lançamento da pré-candidatura de Fábio Macedo que pleiteia reeleição como deputado estadual.

O parlamentar pedetista, conta na cidade com o apoio da ex-prefeita Maura Jorge que promoveu o evento na cidade, e seu grupo político composto o presidente da Câmara de Vereadores, Ananias Bezerra e os vereadores Valmir, Irmão Nilson, Giberto doa Três Lagos, Cícero Amaro e demais lideranças da cidade. O evento também contou com a presença do deputado federal, Aluísio Mendes.

“Essa onda de energias positivas que recebemos da população de Lago da Pedra, nos motiva e faz crer que seguimos no caminho certo. Vamos seguir em frente lutando pelo povo, buscando cada dia mais levar benefícios e melhoria da qualidade de vida dos maranhenses”, disse Fábio.